Escrito por 10:30 Curitiba, Destaques, Educação

Prefeitura de Curitiba vai adotar modelo híbrido para retomada das aulas

Compartilhe

Em entrevista ao Paraná Portal, o prefeito de Curitiba Rafael Greca, reeleito com 59,74% dos votos válidos, equivalentes a 499.821 votos, disse que a cidade retomará as aulas nas escolas em modelo híbrido.

Confira abaixo um trecho da entrevista* com Rafael Greca, prefeito eleito em Curitiba na última eleição:

Qual o planejamento para a retomada das aulas nas escolas municipais e particulares de Curitiba?

As 140 mil crianças da Rede Municipal iniciarão o ano letivo no dia 18 de fevereiro em modelo híbrido. Ou seja, um dia as crianças vão para a aula e no outro ficam em casa. A escola funciona com meia ocupação, sob protocolo de retorno que tem 10 palavras-chaves: acolhimento com carinho, porque a escola é delas e nós queremos os curitibinhas dentro das escolas. Uso obrigatório da máscara, uso de álcool em gel, distanciamento entre crianças, professores, serventes e as pessoas que trabalham na escola, organização e limpeza dos espaços, transporte escolar com monitoramento, higienização permanente dos ônibus e distanciamento, comitê local de cada escola no monitoramento do Covid, termo de consentimento dos pais que concordam que os pais vão para a escola nessas condições, kits individuais de material pedagógico para que não haja transmissão de vírus e o ensino híbrido.

Segundo Greca, a pedagogia será retroativa. Ao mesmo tempo que ela vai propor os conteúdos de 2021, ela vai recapitular os conteúdos de 2020.

“Vai ser mais ou menos como era a estátua do deus romano Janeiro, que era um sujeito com duas caras, uma que olhava para frente e outra que olhava para trás. A nossa professora vai ser um pouco parecida com esse antigo Janeiro. Ela vai olhar para frente e vai olhar para frente todos os meses do ano”, disse.

Close