Escrito por 16:10 Foz do Iguaçu

Prefeitos do Oeste protestam contra corte de R$ 130 mi

Compartilhe

O corte de R$ 130 milhões à área de segurança da região de fronteira de Foz do Iguaçu, Guaíra e Barracão com o Paraguai e a Argentina revoltou os prefeitos do Conselho dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu. Ontem, o prefeito de Santa Helena Jucerlei Sotoriva (PP), presidente do conselho, conversou com os prefeitos da região para reverter o corte da verba.

“Caso os cortes sejam mesmo necessários, deveriam ser feitos em outras áreas e não em um ponto tão estratégico ao Oeste e à segurança nacional”, disse Sotoriva, que pretende mobilizar deputados, senadores e outros líderes em ações que possam assegurar a liberação dos R$ 130 milhões. “Faremos reuniões e tentaremos audiências com ministros e até com a presidente Dilma, se for possível. Queremos poder argumentar e apresentar informações que poderão fazer com que o governo federal reconsidere”.

A falta do recurso, segundo os prefeitos, poderá gerar efeitos dos mais duros e nocivos à segurança da região de fronteira e dos municípios lindeiros ao lago de Itaipu. “Essa é uma área sensível e sem pesados e contínuos investimentos em suas forças de proteção, os criminosos se sentirão incentivados a elevar o ritmo de suas práticas. O descaso governamental dá espaço e liberdade para que grupos de traficantes e contrabandistas atuem ainda mais despreocupadamente”, ressalta Jucerlei.

Close