0 Shares 255 Views

Prefeito Rafael Greca determina medidas emergenciais para tentar acabar com filas nos postos de saúde

19 de março de 2019
255 Views

Para garantir a qualidade do atendimento nas unidades de saúde, o prefeito Rafael Greca determinou nesta segunda-feira (18/3) a adoção de medidas para recompor equipes e compensar a saída de profissionais.

“São medidas de curto e médio prazos que vão permitir superar a burocracia na contratação de médicos e trazer alento à população. Quando mais pudermos, mais faremos pela Saúde”, destacou o prefeito.

De imediato, Greca determinou o reforço, como sete médicos, no atendimento de quatro postos do Distrito Sanitário Bairro Novo: as unidades de saúde Coqueiros, Salvador Allende, Bairro Novo e São João Del Rey. Os profissionais começaram a trabalhar nesta segunda-feira.

Ganham reforço também os Mutirões de Consultas, que prestam atendimento de demandas represadas aos sábados pela manhã, em algumas unidades. A partir deste sábado (23/3), esse mutirões contarão com 16 médicos para apoio fixo.

O objetivo dos mutirões é reequilibrar o atendimento enquanto os novos profissionais – médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem – aprovados em concurso público estão sendo convocados para recompor as equipes. A convocação começou em 13 de fevereiro e segue procedimentos legais.

“Há um prazo para que esses profissionais assumam os cargos. Enquanto isso, os mutirões serão realizados para que a população tenha acesso aos serviços”, destaca a secretária municipal da Saúde, Marcia Huçulak.

A previsão é que os Mutirões de Consultas sigam até meados de abril. Há um mês, os atendimentos são realizados aos sábados pela manhã em unidades de saúde dos distritos sanitários do Bairro Novo, Boa Vista, Cajuru, CIC e Tatuquara.

As unidades de saúde dessas regiões estão entre as que mais precisam das recomposição de equipes. Nos últimos dois anos, mais de 500 profissionais deixaram de trabalhar na Secretaria Municipal da Saúde – entre aposentadorias e pedidos de exonerações.

Balanço dos mutirões

Em quatro finais de semana, foram realizadas 963 consultas médicas nos Mutirões de Consultas, que passaram por 16 unidades de saúde.

Além das consultas pré-agendadas, também foram feitos atendimentos odontológicos, eletrocardiogramas, coletas de preventivo de câncer do colo de útero e vacinação.

As consultas, com clínico geral, são oferecidas a pacientes que aguardavam atendimento. Eles são chamados pelas equipes das respectivas unidades.

Não há marcação de consultas médicas ou com a equipe de enfermagem no sábado.

Medidas de médio prazo

Além das medidas imediatas, o prefeito pediu agilidade da Secretaria de Recursos Humanos na convocação de cerca de 30 médicos, 27 enfermeiros e 90 técnicos de enfermagem aprovados em concurso e que se dispõem a servir aos curitibanos.

Em médio prazo, estão sendo tomadas medidas que permitirão a contratação de mais 120 médicos e 30 dentistas – temporários – para reforçar o atendimento nas 111 unidades básicas de saúde da cidade.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.