por 09:09 Sem categoria • 2 Comentários

Preconceito? Só no templo! Evangélicos fazem agora ‘cerco’ à lei anti-homofobia

Por Josias de Souza, na Folha Online:

Quem observa as sacrossantas cruzadas empreendidas por pastores percebe o quanto dá trabalho acreditar em Deus.

Associados à bancada evangélica, os operadores do Padre Eterno investem agora contra a lei que criminaliza a homofobia.

A coluna de Mônica Bergamo ilumina a encrenca num lote de notas veiculadas na Folha. É de ler rezando:

*

– Em nome de Deus: Pastores de todo o país estão usando as TVs e rádios em que veiculam suas mensagens para convocar manifestação em frente ao Congresso, na quarta, em Brasília, contra o projeto que criminaliza a homofobia.

Eles exigem que seja retirada da proposta qualquer restrição a pregações contra o homossexualismo nos templos. Devem participar cerca de 60 deputados da bancada evangélica e senadores como o bispo Marcelo Crivella (PRB-RJ).

– Templo preservado: Em reunião hoje com a senadora Marta Suplicy (PT-SP), relatora do projeto, e Toni Reis, da ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), Crivella proporá que o projeto contra a homofobia seja “enterrado a sete palmos de terra”.

E que outro, apresentado pelos próprios evangélicos, aumente as penas a crimes contra homossexuais -deixando a pregação nas igrejas de fora.

– Palavras ao vento: O diálogo com Marta e Toni deve ser difícil. Defensores da criminalização da homofobia dizem que de nada adianta aumentar penas para crimes contra homossexuais se a lei não conseguir conter a incitação à violência ou o estímulo ao preconceito -inclusive nos templos.

Fechar