por 12:46 Sem categoria

Pré-encontro harmoniza propostas regionais dia 8

Pré-encontro harmoniza propostas regionais dia 8

Inspetores, conselheiros do Crea-PR, entidades de classe, dirigentes sindicais e representantes das instituições de ensino são aguardados para participar quinta-feira (8) em Cascavel do pré-encontro regional visando o 7º Congresso Estadual de Profissionais, marcado para ocorrer entre os dias 26 e 28 de maio, em Foz do Iguaçu.

De acordo com o gerente do Crea-PR em Cascavel, Israel Ferreira de Mello, o encontro de quinta servirá para harmonizar as cerca de 50 proposições formuladas pelas inspetorias de Cascavel, Foz do Iguaçu, Medianeira, Toledo e Marechal Cândido Rondon. As propostas serão compiladas e analisadas pela comissão organizadora do congresso em âmbito estadual. O encontro em Cascavel terá a presença de Joel Krüger, presidente da comissão organizadora do 7º CEP.

Nos pré-congressos realizados em março nas inspetorias, a participação superou as expectativas. Os encontros realizados nas inspetorias de cinco municípios reuniram em torno de 200 profissionais. O modelo de debates implementado pelo Crea-PR agradou os participantes. Para os profissionais, o cronograma serviu para valorizar o trabalho desenvolvido no interior do Estado.

Para a presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Cascavel, Marli Aoki, o encontro desta semana é uma oportunidade para afinar as propostas surgidas nos pré-encontros para apresentá-las em Foz. A Aeac participará no encontro regional com sete propostas. Marli ressalta a proposta que defende a participação do Crea-PR e do Confea junto ao Ministério da Educação para aprovação dos cursos da área nas instituições de ensino superior.

“Hoje, o sistema Confea/Crea não é convidado a participar ativamente das discussões nas instituições de ensino superior e o formando só aparece ao fim do curso para fornecer o registro profissional”, relata. Para o 7º Congresso Estadual de Profissionais são esperadas as apresentações de 300 propostas. No cenário nacional, o Paraná tem direito a levar 26 propostas, ou seja, duas de cada um dos 13 objetivos estratégicos.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com