por 09:11 Destaques, Itaipu Binacional, Obras e infraestrutura

Ponte da Integração ultrapassa a metade dos trabalhos

As obras da futura ponte de Integração alcançaram um avanço de 51,78%. A nova ligação entre o Brasil e o Paraguai está prevista para ser concluída em 2022, será maior que a Ponte da Amizade e está localizada a 10 quilômetros a jusante dela.

Nesta seção da obra, é intensificada a execução da cofragem do primeiro tabuleiro, após a conclusão das tarefas de soldagem de diafragma. Da mesma forma, continua a execução do primeiro trecho da coleção, conhecido como “Y” invertido, que apoiará os tensionadores da futura ligação rodoviária.

Já do lado brasileiro, na semana passada a mudança da terceira prancha culminou e atualmente está trabalhando na quarta; além da ereção da coleção que já está tomando forma.

As obras mostram uma execução sustentada do projeto que é financiado pelo lado brasileiro da Itaipu Binacional com US$ 84 milhões. Na nova ligação, com previsão de conclusão em 2022, e nas duas margens do rio Paraná, existem programas ambientais de preservação do solo, da fauna e da flora, o que minimizará os efeitos socioambientais da obra.

Considerado um dos mais importantes empreendimentos da Tríplice Fronteira e, consequentemente, para o Mercosul; a construção da nova ligação rodoviária começou em agosto de 2019, antes da crise gerada pela pandemia da covid-19. Apesar disso, o projeto continuou e hoje já apresenta um avanço importante.

A Ponte de Integração, que ligará as cidades de Foz do Iguaçu a Presidente Franco será estaiada e terá 760 metros de extensão e vão livre de 470 metros, o que a tornará a maior da América Latina. Da mesma forma, terá 40 metros de largura. Sua principal função será descongestionar o tráfego de veículos pesados ​​na área e contribuir para o desenvolvimento econômico da região.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com