por 13:23 Sem categoria

PMDB SE FORTALECE E POLARIZA ELEIÇÕES DE 2010, DIZ ROMANELLI

PMDB SE FORTALECE E POLARIZA  ELEIÇÕES DE 2010, DIZ ROMANELLI

O deputado Luiz Claudio Romanelli, vice-presidente do PMDB do Paraná, cumprimentou nesta terça-feira (3) o deputado Michel Temer e o senador José Sarney pela eleição dos peemedebistas, respectivamente, nas presidências da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. “A eleição de Temer e Sarney é muito significativa porque consolida a importância do PMDB no contexto nacional. O partido não é mais coadjuvante no processo da escolha dos candidatos que vão polarizar as eleições presidenciais em 2010”, disse Romanelli.

“Eu disse aos dois que se depender do PMDB do Paraná, o partido terá candidato à presidência da República. A eleição do Senado e da Câmara provou a força do partido já constatada no resultado das eleições municipais, onde o PMDB elegeu o maior número de prefeitos e vereadores do país”, completou. Nas eleições de 2006, o PMDB teve 34,8 milhões de votos, elegeu 1.201 prefeitos e 8.493 vereadores. O partido tem a maior bancada no Senado (21 senadores), na Câmara dos Deputados (93 deputados) e na maioria dos legislativos estaduais.

O PMDB, segundo Romanelli, não pode deixar de cumprir seu papel histórico nas eleições de 2010. “Já propus à executiva nacional e podemos realizar seminários regionais no decorrer de 2009 e 2010, para que os pré-candidatos à presidente da República do partido apresentem suas propostas e que o partido venha formatar um plano de governo para o país”, completou.

LIDERANÇAS – Romanelli disse que o PMDB tem lideranças de expressão e de inserção popular que podem levar a proposta do partido nas eleições presidenciais. O deputado citou os governadores Roberto Requião (PR) e Sérgio Cabral (RJ), os senadores Pedro Simon (RS) e Jarbas Vasconcelos (PE), os ministros Hélio Costa (MG) – das Comunicações; e Geddel de Lima Vieira (BA) – da Integração Nacional, o prefeito de Goiânia (GO), Íris Rezende. “Temos quadros de enorme capacidade para o Executivo e o PMDB é o único partido que tem essa capilaridade que alcança os médios e pequenos municípios – os que definem as eleições”.

O deputado destacou a aliança política com outros partidos que resultaram em vitória folgada na câmara e no senado. “Os aliados do PMDB deixaram claro que as especulações que foram feitas durante as campanhas se mostraram frágeis e infundadas. Conquistamos uma dobradinha histórica. A última vez que o PMDB teve o controle do Congresso Nacional foi quando conseguimos afastar do cargo o ex-presidente e atual senador Fernando Collor (PTB-AL)”, lembrou.

CONFERÊNCIA ESTADUAL – No plano estadual, Romanelli propôs a realização de uma conferência estadual do PMDB no mês de março para avaliar o quadro partidário estadual e apresentar os resultados do governo Roberto Requião. “O PMDB do Paraná já mostrou sua força. O partido elegeu 138 prefeitos, 121 vice-prefeitos e 753 vereadores. Somos governos em 65% dos 399 municípios paranaenses, Além disso, temos um pré-candidato forte que o vice-governador, Orlando Pessuti, conhecido em todo o Paraná”, disse.
 
O deputado sustenta que o PMDB faz uma revolução no Estado com inúmeros programas sociais, de obras, de geração de emprego, de diminuição da carga tributária que está distribuindo a renda, gerando riqueza e apresentando indicadores de crescimento econômico-social entre os melhores do país. “Devemos mostrar isto ao povo paranaense. O PMDB deve fazer a conferência para apresentar a população como será a continuidade destes projetos que fizeram as empresas públicas e governo melhorarem a vida do povo paranaense”.

Fechar