por 17:55 Sem categoria

PMDB-PR levará politicas sociais de Requião aos estados

As políticas sociais, a defesa intransigente do patrimônio público e a condução de um governo que faz opção preferencial pelos pobres são as principais bandeiras que o PMDB do Paraná levará ao conhecimento de lideranças políticas de outros estados e que terá Roberto Requião como principal referência no partido para a disputa da eleição presidencial de 2010.trecho da matéria do PMDB em que o foco é a formação do Projeto Nacional em apoio a confirmação da candidatura de Requião à presidência em 2010. Leia a íntegra em Reportagens

por 17:52 Sem categoria

PMDB-PR levará politicas sociais de Requião aos estados

PMDB-PR levará politicas sociais de Requião aos estados

As políticas sociais, a defesa intransigente do patrimônio público e a condução de um governo que faz opção preferencial pelos pobres são as principais bandeiras que o PMDB do Paraná levará ao conhecimento de lideranças políticas de outros estados e que terá Roberto Requião como principal referência no partido para a disputa da eleição presidencial de 2010.

“A proteção do patrimônio público e a defesa dos interesses dos paranaenses são exemplos de perfil de governo. O Paraná quebrou os contratos abusivos e sustou as privatizações de empresas públicas e de setores estratégicos para economia do Estado – Copel (setor elétrico), Sanepar (água e esgoto), Ferroeste (transporte) e o Porto de Paranaguá”, disse nesta quinta-feira (30), o presidente da Fundação Pedroso Horta, José Maria Correia, na formação do grupo que tocará o “Projeto Nacional” de Requião.

A Fundação Pedroso Horta será o braço político de atuação do PMDB do Paraná nos outros estados da federação. O partido começou na quinta discutir as tarefas que o projeto nacional levará á cabo nos próximos dois anos. “Requião pode cumprir o papel de grande articulador das políticas sociais que deram certo no Paraná e servem de exemplo aos outros estados. E nós, através do partido e da Fundação Pedroso Horta, vamos acompanhar essa agenda, e conversar com os diretórios regionais do PMDB, com as lideranças políticas nacionais e com os segmentos organizados”, disse Doático Santos, presidente do diretório de Curitiba, que comandou a reunião.

Esse trabalho será levado em paralelo ao projeto da retomada das principais prefeituras do Estado. “São dois flancos de atuação. Um tem vista as eleições municipais em que o partido vai se aproximar mais da sua militância e dos movimentos populares. E outro é o ‘projeto nacional’ de ampliar a luta dos brasileiros pelas conquistas sociais. Requião tem muito que oferecer ao país nesse sentindo”, disse Samuel Gomes, coordenador dos movimentos sociais do PMDB de Curitiba.

Para os peemedebistas, o Paraná se constituiu nos últimos quatro anos como o único foco de resistência às políticas neoliberais que vêm desmantelando os estados brasileiros. “Esse é o principal exemplo que o Estado oferece ao Brasil que precisa enfrentar seus desafios na busca de país-nação”, reafirma Nivaldo Krüger, ex-presidente estadual do PMDB.

“As ações do Governo Requião são voltadas à inclusão social, à geração de emprego e renda e à defesa da solidez do estado brasileiro. E a defesa dos paranaenses se destaca na luta contra os preços abusivos cobrados nos pedágios das rodovias federais, mas principalmente nas políticas sociais, nos incentivos fiscais e nas missões comerciais que propiciaram a retomada do desenvolvimento do Estado. Esses exemplos precisam correr o Brasil”, avalia Alzimara Bacellar, vice-presidente estadual do partido.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com