por 23:11 Sem categoria

PMDB É O MELHOR PARTIDO PARA O POVÃO PARTICIPAR

PMDB É O MELHOR PARTIDO PARA O POVÃO PARTICIPAR

Dezenas de moradores dos bairros Santa Quitéria e Bairro Novo e professores do bairro Fazendinha participaram do evento de filiação ao PMDB de Curitiba, realizado nesta terça-feira, 19, no Diretório Estadual. Liderando os grupos, o presidente da Associação de Moradores do Bairro Novo C, José Aparecido da Silva, e a diretora da Associação de Moradores do Conjunto Moradias Expedicionário, a professora Tânia Mara de Morais. Os dois foram lançados pré-candidatos a vereador pelas suas bases.

O evento foi organizado pelo secretário-geral do PMDB do Paraná, João Arruda, e comandado pelo presidente do PMDB de Curitiba, Doático Santos. O reitor da Universidade Federal do Paraná, Carlos Augusto Moreira Júnior, abonou a ficha dos novos filiados.

Para João Arruda os novos filiados confirmam a disposição do PMDB em ampliar a sua base no movimento social. “Nosso partido representa as políticas públicas adotadas pelo Governo Requião e pela participação popular. No PMDB do Paraná, o povo não é coadjuvante”, afirmou.

Doático elogiou a iniciativa de Arruda e disse que o secretário-geral é um dos filiados que ajudam a “dar a feição popular ao PMDB”. Explicando as razões do partido ser oposição à administração de Curitiba, o presidente do Diretório Municipal de Curitiba citou a denúncia feita pelo governador Roberto Requião de um pagamento suspeito de R$ 10 milhões para uma empreiteira, autorizado pelo irmão do prefeito Beto Richa nas horas finais do governo Jaime Lerner, o fato da prefeitura não ter construído e nem ter projeto de construir nenhuma moradia popular, entre outras divergências. “Nós somos oposição à política feita para o interesse de meia dúzia e de exclusão social. O PMDB luta pela redução das desigualdades e é o melhor partido para o povão participar”, disse. Doático anunciou que irá responder a tentativa de envolvê-lo com as invasões de terrenos com um projeto de iniciativa popular obrigando a prefeitura de Curitiba a construir casas para a população pobre.

Moreira, que compareceu a todos as filiações realizadas nos últimos meses no Diretório Estadual, falou dos projetos de inclusão social da UFPR, e se dispôs a ir pessoalmente às escolas estaduais do Bairro Novo, Santa Quitéria e Fazendinha para explicar o sistema de cotas da universidade para alunos afrodescendentes e da rede pública. Sobre os novos filiados e as eleições de 2008, o reitor disse que “no Paraná, o PMDB é o partido que melhor representa os anseios da população em relação ao emprego, educação e  saúde” e que, ao contrário do partido, “a prefeitura de Curitiba não tem projeto de cidade”.

Tânia e Aparecido trouxeram as famílias e fizeram discursos emocionados. Destacaram as lutas políticas e sociais comuns. Sobre as possíveis candidaturas, foram unânimes em assegurar que o  principal propósito de cada um é levar adiante os projetos de suas comunidades. Tânia, que é professora estadual, disse que vai lutar pelos bairros Santa Quitéria e Fazendinha, pela melhoria na educação municipal e representar a mulher. José Aparecido afirmou que se dará por satisfeito se a futura administração municipal criar uma secretaria de relacionamento com o movimento social.

O presidente do Sindicato dos Empregados das Concessionárias de Energia Elétrica (Sindenel), Vilmar Alves, e a diretora de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar, Maria Arlete Rosa, também prestigiaram as filiações.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com