por 10:33 Sem categoria

PMDB do PR fará campanha para fortalecer partido

O PMDB do Paraná inicia nesta semana um trabalho de mobilização interna para criação do Grupo Projeto Nacional. A intenção é fortalecer o partido nacionalmente com vistas nas eleições de 2010. Segundo o presidente do Diretório do PMDB de Curitiba, Doático Santos, o grupo terá como tarefa principal articular projetos e programas para modificação do quadro nacional junto aos diferentes diretórios estaduais do Brasil e no Conselho Nacional do PMDB – que tem reunião agendada para o início de dezembro. ”Queremos contar com o respaldo de lideranças nacionais para conseguirmos posicionar o governador Roberto Requião como o mais novo líder do PMDB”, diz Doático, confiante. – da Folha de Londrina. Leia matéria na íntegra em Reportagens.

por 10:30 Sem categoria

PMDB do PR fará campanha para fortalecer partido

PMDB do PR fará campanha para fortalecer partido

Curitiba – O PMDB do Paraná inicia nesta semana um trabalho de mobilização interna para criação do Grupo Projeto Nacional. A intenção é fortalecer o partido nacionalmente com vistas nas eleições de 2010. Segundo o presidente do Diretório do PMDB de Curitiba, Doático Santos, o grupo terá como tarefa principal articular projetos e programas para modificação do quadro nacional junto aos diferentes diretórios estaduais do Brasil e no Conselho Nacional do PMDB – que tem reunião agendada para o início de dezembro. ”Queremos contar com o respaldo de lideranças nacionais para conseguirmos posicionar o governador Roberto Requião como o mais novo líder do PMDB”, diz Doático, confiante.

A presidência da República é projeto antigo de Requião. O nome dele chegou a ser lembrado várias vezes como liderança capaz de ocupar a postulação ao cargo dentro do PMDB. Entretanto, nunca conseguiu emplacar uma candidatura nacional. ”Temos que estabelecer bases para a candidatura presidencial de 2010. Não é possível que o PMDB permaneça sem lideranças de expressão e não tenha candidatura própria. O partido é o maior do Brasil e não deve ficar à reboque dos demais”, considerou. O assunto seria debatido ontem, na reunião interna dos parlamentares do PMDB. A reunião foi adiada porque muitos dos 16 deputados estaduais eleitos não poderiam participar do encontro por ter compromissos no interior. O próximo encontro do partido foi marcado para a próxima quinta-feira, 30, às 19h, no Diretório Estadual do PMDB.

O Grupo Projeto Nacional seria liderado pelo vice-governador Orlando Pessuti (que foi cogitado para assumir a presidência estadual do PMDB). Com isso, Pessuti abriria o cargo para o ex-deputado e ex-secretário de Desenvolvimento Urbano, Renato Adur (que postula a vaga de presidente do PMDB no lugar de Dobrandino Gustavo da Silva). Também iriam compor o grupo: os deputados federais eleitos Rodrigo Rocha Loures, Max Rosenmann e Reinold Stephanes, os secretários Nizan Pereira (de Assuntos Estratégicos) e Mário Lobo (especial), e o ex-presidente do PMDB Nivaldo Krugger. ”Esses nomes já são influentes no quadro nacional. O que queremos é confirmar a aliança com o presidente Lula para estabelecer nesse momento o governo de coalizão. Mas queremos também galgar novos espaços”, ponderou.

Doático admitiu ser muito cedo para articulações de alianças e candidaturas. ”O importante é que a gente se mobilize”, disparou. Na reunião da semana que vem, os nomes para o novo diretório do partido deverão ser definidos.
 

Luciana Pombo
Equipe da Folha

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com