por 11:19 Sem categoria

PMDB DE FOZ PEDE MANDATOS DE VOLTA

PMDB DE FOZ PEDE MANDATOS DE VOLTA
 
O presidente do diretório municipal do PMDB, Sâmis da Silva, protocolou na Câmara Municipal requerimento de devolução dos cargos dos vereadores Hermógenes de Oliveira (Mogênio), Neuso Rafain e Pedro Hsu. A solicitação está baseada na nova interpretação do Tribunal Superior Eleitoral sobre a fidelidade constante na Lei dos Partidos. Os três vereadores se elegeram pelo PMDB, mas deixaram o partido. Hermógenes e Pedro saíram no início do mandato e Neuso desfiliou-se em fevereiro deste ano.

Independentemente dos motivos da mudança de partido, Sâmis da Silva argumenta que nenhum vereador se elegeu sozinho. “Todos precisaram dos votos da chapa de candidatos e legenda. Entramos com o pedido baseados na decisão do TSE e aguardamos para a próxima semana a decisão do presidente da Câmara (Carlos Budel). Ele assinando a devolução das vagas ao partido assumem os três primeiros suplentes João Pereira Sodré, Arival Malaquias e Ismail Magrão”, disse o presidente do diretório.

Sâmis reconhece que o assunto não está totalmente definido, mas considera um direito do PMDB requerer as vagas. “O assunto é complexo, porém entramos com o pedido para saber a resposta do Budel. Caso seja negada a solicitação, vamos definir outros caminhos assegurados na lei”. O requerimento, conforme informou Sâmis da Silva, foi protocolado na quarta-feira.

Incluindo a solicitação feita pelo PMN em relação ao cargo de Beni Rodrigues, já são quatro vereadores enfrentando o desconforto de ter a vaga requerida pelos partidos. Outros dois vereadores também trocaram de legendas, mas ainda não tiveram os cargos solicitados. Um deles é o próprio presidente da Câmara, Carlos Budel que deixou o PTB e ingressou no PSDB. O outro é Braiz de Moura que se elegeu pelo PRP, mas saiu e está sem partido até hoje. (Matéria publicada na "Gazeta do Iguaçu")

Fechar