0 Shares 926 Views 12 Comments

Pizzolato diz que “prefere morrer” a cumprir pena no Brasil

4 de maio de 2015
926 Views 12

Pizzolato diz que "prefere morrer" a cumprir pena no Brasil

O ex-diretor o Banco do Brasil, Henrique Pizzolato, afirmou nesta segunda-feira (4) ao senador italiano Carlo Giovanardi que “prefere morrer a descontar a pena por anos em uma penitenciária do Brasil”. As informações são do IG Online.

Giovanardi teve uma reunião com o brasileiro e seu advogado, Alessandro Sivelli, e divulgou uma nota explicando os temas debatidos entre eles. O parlamentar pediu ao ministro da Justiça local, Andrea Orlandi, que “revogue” a decisão de extraditar o acusado no processo do mensalão ao Brasil.

Segundo Giovanardi, a medida “coloca em risco a vida de Pizzolato, que se colocou a disposição de cumprir a pena na Itália, mesmo com o legítimo pedido de revisão do processo em que foi envolvido no Brasil”.

“Pizzolato obteve a negação da extradição da Corte de Apelo de Bolonha enquanto a Corte de Cassação jogou a decisão para o governo italiano que, incompreensivelmente, estabeleceu que Pizzolato, cidadão italiano, deve ser extraditado ao Brasil em 11 de maio”, destacou o líder do AP.

Na semana passada, Giovanardi já havia apelado para o governo rever a decisão contra o ítalo-brasileiro, dizendo que era “incompreensível” sua extradição.

Mais notícias para você:



12 Comments

  1. Lamentavelmente Dr. Henrique o Sr. tera de cumprir sua pena nas gales do Brasil, considere todavia a seguinte situacao, o Sr. poderia ter obtido o mesmo destino dos brasileiros na Indonesia, (fuzilamento) – Considere apenas que o grande risco desta apenacao em presidios brasileiros, nao estaria nos demais detentos ali instalados, afinal seu grupo (quadrilha) ja esta fora do presidio da papuda, outros poderao entrar, mas ainda demora, o problema a ser considerado (no caso de vossa seguranca pessoal) estaria na agremiacao partidaria (PT) a qual o senhor compos nos quadros ate a pouco tempo. Considere os crimes cometidos como funcionario do Banco e monte uma consultoria (como todos do PT sempre fizeram nas cadeias por onde passaram) procure um contato com Marta Suplicy ela tambem esta picando a mula do partido, quem sabe possa lhe dar uma maozinha.. Saudacoes e ate Brasilia, leve travesseiros macios pois os do presidio sao um pouco duros.

    Reply
  2. Entendi… O cara comete crimes aqui no Brasil, mas prefere, por exemplo, prisão domiciliar nas Bahamas…

    Eu também não desejo cumprir pena no Brasil. Para isto, não cometo crimes. Viram como é simples?

    Reply

Deixe um comentário

Your email address will not be published.