0 Shares 534 Views

Pista do aeroporto de Foz do Iguaçu será ampliada para receber voos internacionais, diz Giacobo

20 de fevereiro de 2018
534 Views
Pista do aeroporto de Foz do Iguaçu será ampliada para receber voos internacionais, diz Giacobo

O deputado Fernando Giacobo (PR) adiantou nesta segunda-feira, 19, que a pista do aeroporto internacional de Foz do Iguaçu será ampliada em mais um quilômetro de extensão e que o acesso de 800 metros ao terminal pelo trevo da BR-469 (Rodovia das Cataratas) também será duplicado. “Além das reformas que já estão acontecendo, essas duas obras, o prolongamento da pista e a duplicação do acesso, serão fundamentais para que o aeroporto de Foz do Iguaçu possa receber voos internacionais dos EUA e da Europa”, disse Giacobo.

As duas novas obras, segundo Giacobo, serão anunciadas durante a visita do ministro do Transporte, Maurício Quintella, no começo de abril em Foz do Iguaçu. “As reformas estão aceleradas. A pista está recebendo novo asfalto, fresagem e recomposição dos seus 2.195 metros de comprimento e ainda teremos a readequação de todo o terminal de passageiros com os fingers, novas salas de embarques e desembarques, novos scanners de identificação de bagagens”,

“Eu estimo que o novo aeroporto, depois de tudo pronto e reformado, poderá chegar tranquilamente a 4,5 milhões de desembarques, gerando mais emprego e potencializando ainda mais o turismo de Foz do Iguaçu e região”, avalia.

Perimetral – A visita do ministro a Foz do Iguaçu terá outros anúncios já adiantados pelo deputado. “Vamos assinar a a ordem de serviço para começar as obras da Perimetral Leste. São 13 quilometros que vão ligar a BR-469 a BR-227, desafogando o tráfego de caminhões da Argentina e Chile que hoje passa pelo centro da cidade. Uma obra de R$ 100 milhões”.

Giacobo disse ainda que o ministro vai assinar convênio e aprovar o projeto da Itaipu Binacional para a duplicação dos 8,7 quilometros da BR-469. As obras na rodovia devem incluir vias marginais, ciclovias, passarelas de pedestres, passa-bichos, retornos em nível, viaduto de acesso ao aeroporto, trincheiras, ponte no rio Tamanduá, canalização do córrego Carimã e rotatória na entrada do Parque Nacional do Iguaçu. O custo total das obras está previsto em R$ 110 milhões.

“Tudo isso acontecendo neste ano de 2018. Foz do Iguaçu será a cidade que mais gera emprego no Paraná. Eu tenho certeza o ministro vai ter mais uma carta e vai anunciar outros investimentos na região do aeroporto que vão gerar mais de mil empregos. Eu fico emocionado de ver essas coisas acontecendo na cidade e isso é fruto da parceria de resultados com o governo federal e o município”, completa Giacobo.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.