por 11:48 Sem categoria

Pessuti: o governador do PMDB

PESSUTIi: O GOVERNADOR DO PMDB

Luiz Cláudio Romanelli

Esse artigo está sendo escrito antes da primeira reunião da executiva estadual do PMDB nesta segunda-feira (2) à noite, reunião da qual espero que tenha uma indicação muito forte: o companheiro Orlando Pessuti será, desde já, o nosso candidato ao Governo do Estado em 2010 e o partido dará continuidade ao projeto político que mudou o Paraná para muito melhor.

Alguns podem até dizer que é muito cedo para o PMDB definir seu candidato ao governo porque faltam ainda 16 meses para o início da campanha eleitoral, mas, como nem sempre o tempo cronológico coincide com o tempo político, é muito importante indicar já o nome de Pessuti como candidato a governador. O PMDB, que é governo do Estado desde 2003, na pessoa de Roberto Requião, deve tomar a iniciativa de deixar claro para a população do Paraná: nós temos um candidato para sucessão de Requião e esse candidato chama-se Orlando Pessuti.

Baseio esta posição em vários fatos e circunstâncias. De um lado, a força do PMDB. O partido elegeu nas eleições municipais de 2008, 138 prefeitos, 121 vice-prefeitos e 753 vereadores, num universo de 399 municípios. Ou seja, o PMDB é governo em 65% das cidades paranaenses, sendo sem dúvida o partido de maior capilaridade.

Por mais que esses números sejam expressivos, a questão não se resume ao aspecto quantitativo. Tem muito mais importância o Programa de Governo que o PMDB implantou no Paraná e que promoveu uma verdadeira revolução com inúmeros programas sociais, obras, criação de empregos, diminuição da carga tributária, distribuição de renda, geração de riqueza e, conseqüentemente, indicadores de crescimento econômico-social entre os melhores do país.

É a continuidade deste programa que, fundamentalmente, estará em jogo nas eleições do próximo ano e que terá, pelo PMDB, o Pessuti como seu principal guia.

A definição do nome de Pessuti é também importante porque as especulações políticas se avolumam, como é natural, a respeito de 2010. Nomes de diversos partidos são lembrados como possíveis candidatos ao governo dentro desta ou daquela coligação eleitoral. A maioria das especulações, evidente, tem o objetivo de projetar eventuais candidatos ou alavancar determinados projetos políticos.

Porém é bom que se perceba que elas vicejam onde existe um vácuo político. E é este vácuo que o PMDB, pelo papel que ocupa no Estado, não pode permitir qualquer tipo de ilação que tire do partido o papel histórico que cumpre no Paraná. O PMDB não se permitirá a coadjuvância nesse processo.

E é por isso que estou propondo a realização de uma conferência estadual do PMDB já em abril com o objetivo de sistematizar e divulgar para a população o que realizamos no governo e para apresentar o nome de Pessuti como candidato do partido desde já.

Predicados para assumir este encargo não faltam a Pessuti. Ele tem uma vida dedicada à boa política, aquela que se pratica em benefício da população e não em prol do próprio umbigo. Lealdade e desprendimento político fazem parte do seu caráter. Vou citar um exemplo, conhecidos por todos, mas que é sempre bom lembrar: convocado pelos companheiros, Pessuti declinou a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas para, mais uma vez, assumir a candidatura de vice-governador na chapa de Requião em 2006.

O filho de Natal Pessuti é um companheiro histórico do MDB/PMDB e conhecido nos 399 municípios do Paraná. Pessuti é uma máquina de trabalho. Lembro ainda que começou cedo na política no movimento estudantil. Aos 29 anos já era eleito deputado estadual, cargo que só deixou, após cinco mandatos, sempre pelo PMDB, para assumir a vice-governadoria na chapa com Roberto Requião, em 2002 e em 2006.

Com esse currículo, podem apostar: Pessuti é o nome do PMDB para disputar o Governo do Estado em 2010.

*Luiz Cláudio Romanelli, 50 anos, advogado, deputado estadual e vice-presidente do PMDB do Paraná e líder do Governo na Assembleia Legislativa

por 10:53 Sem categoria

PESSUTI: O GOVERNADOR DO PMDB

"Esse artigo está sendo escrito antes da primeira reunião da executiva estadual do PMDB nesta segunda-feira (2) à noite, reunião da qual espero que tenha uma indicação muito forte: o companheiro Orlando Pessuti será, desde já, o nosso candidato ao Governo do Estado em 2010 e o partido dará continuidade ao projeto político que mudou o Paraná para muito melhor…" Trecho do artigo do Luiz Claudio Romanelli, veja na íntegra aqui.

Fechar