0 Shares 717 Views

Pesquisa indica aumento de 27% da população de rua em Maringá

21 de novembro de 2019
717 Views

Em recente pesquisa, o Observatório das Metrópoles da UEM (Universidade Estadual de Maringá) identificou aumento de 27% da população de rua do município. O comparativo é em relação a 2018, quando 357 pessoas foram encontradas vivendo nas ruas da cidade. Neste ano, são 452 moradores nesta situação. Se comparado a 2015, quando o levantamento foi iniciado, a população de rua dobrou em Maringá. Naquele ano, foram identificadas 219 pessoas nesta situação. As informações são da CGN Maringá.

Os dados foram divulgados pela coordenadora do Observatório, Ana Lúcia Rodrigues. Ela explica que na pesquisa realizada este mês, a falta de emprego e renda foram as principais justificativas dos moradores de rua entrevistados no levantamento. A análise completa da pesquisa “A População em Situação de Rua em Maringá: Desconstruindo a Invisibilidade” será apresentada em audiência pública agendada para o dia 9 de dezembro, às 19h, no auditório Hélio Moreira. O levantamento foi realizado por estudantes dos cursos de Ciências Humanas, Letras e Artes da UEM. A pesquisa também contou com o apoio da prefeitura por meio da Sasc (Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania).

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.