Written by 8:35 Sem categoria

Pequenos municípios são a ‘bola da vez’, diz Luis Nassif

Realização do Sebrae/PR e do governo do Paraná, o Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos – Gestão 2013/2016, contou com a participação de Luis Nassif nesta quarta-feira, dia 29, em Foz do Iguaçu. Jornalista de economia, Nassif falou sobre o cenário econômico e político e o seu impacto nos municípios. Para ele, a inclusão social, a nova era da informação e as micro e pequenas empresas são fatores que interferem no desenvolvimento e devem ser foco de atenção dos prefeitos municipais.

“Os municípios são a ‘bola da vez’ e é importante entender o momento em que estamos passando. O Brasil tem crescido em todos os setores e vem se mostrando um país fundamentalmente inclusivo. Na medida em que se tem inclusão social você promove a ‘roda de desenvolvimento’: poder de consumo da população que impulsiona o comércio e, por sua vez, a indústria. Nisso, as prefeituras têm um papel fundamental de unir as ‘peças’ para ajudar a ‘jogar’ a cidade para frente”, enfatizou.

A nova era da informação, segundo Nassif, estimula a comunicação entre as instituições e a população e também podem auxiliar na busca pelo desenvolvimento. “As redes sociais estão mudando o conceito de ‘poder’ da mídia convencional. Acabou o controle da informação, da notícia com a pré-seleção dos órgãos de imprensa convencionais. Instituições podem criar um canal de conversação direta com seus públicos, sem interferências.”

Para o palestrante, prefeitos municipais precisam interagir e ouvir os anseios da sociedade, delimitar qual será o foco das ações para atender a essas demandas e planejar atitudes para atendê-las. “Ideia no ‘ar’ não é um plano de governo, tem que ter gestão para transformar projetos em realidade”, disse Nassif, ao reforçar que bons projetos são desenvolvidos a partir de indicadores e números obtidos nas discussões com a comunidade. Com os dados em mãos, o prefeito terá capacidade de articular parcerias para realizar as ações de melhoria.

Luis Nassif sugeriu, ainda, que os prefeitos eleitos promovam um escritório de inovação nos municípios com o apoio de entidades de fomento ao desenvolvimento. “As micro e pequenas empresas são essenciais para o Brasil completar o ciclo de desenvolvimento. Com equipe especialmente formada para criação de projetos em inovação você consegue ajudar as empresas a criarem produtos melhores ou captar recursos. O prefeito tem que saber concatenar todos esses fatores”, destacou.

Ainda de acordo com o jornalista, “não existe mais a gestão que resolver tudo do gabinete”. “No mundo moderno o jogo é de articulações e não se pode mais governar de maneira fechada. O prefeito precisa agir como empreendedor social, de maneira inovadora, e esse encontro é um primeiro passo. Melhorar a gestão pública é fator de competitividade para as micro e pequenas empresas locais e o desenvolvimento”, acrescentou.

Encontro

O Programa de Estudos Avançados para Líderes Públicos, chamado inicialmente de Homem Público, acontece desde 1998 e trabalha, de forma integrada, temas como desenvolvimento local e regional, planejamento e gestão estratégica, liderança e micro e pequenas empresas.

As prefeitas e prefeitos eleitos, no entendimento do Sebrae/PR, têm tudo para ajudar na regulamentação da Lei Geral, facilitando, por meio de programas, projetos e propostas de lei, a abertura e funcionamento de pequenos negócios; a concessão de tratamento tributário favorecido e diferenciado; e promovendo, por exemplo, compras públicas com atenção especial às micro e pequenas empresas, dentre outras ações.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Close