por 13:20 Coronavírus no Paraná, Foz do Iguaçu

Parceria entre Prefeitura de Foz e Lacen garante testes para detecção da Covid-19

Devido à alta demanda por testes de diagnóstico da Covid-19 em Foz do Iguaçu, o Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen) vai dar apoio à Prefeitura de Foz no processamento dos exames de casos mais leves da doença. 

Mais de 70 mil exames para detectar o coronavírus já foram feitos no município desde o início da pandemia – uma das cidades do Paraná em que há maior número de testagem por habitante. Em reunião na semana passada, a Secretaria Estadual de Saúde comprometeu-se em dar suporte a Foz na realização dos exames. 

O diretor da Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu, Roberto Doldan, explicou, em entrevista à Rádio Itaipu FM nesta segunda-feira, 15, que a parceria com a Sesa vai permitir que o município dê continuidade à realização de exames em todos os casos suspeitos de Covid-19 – incluindo aqueles com perda de olfato ou de paladar grave, e de pessoas que tiveram contato com casos confirmados da doença nos últimos 14 dias. 

A Secretaria Municipal de Saúde havia revisado o protocolo de Covid e esses casos seriam automaticamente classificados como positivos, sem necessidade de testagem. Com o apoio da Sesa, a medida foi suspensa. Serão enviados para o Laboratório do Estado os exames de casos com sintomas mais leves da doença. 

“Temos estruturas e kits para realização do PC, mas envolve um custo muito grande para o município. Isso porque, além da alta demanda de Foz, temos aqui um fluxo de brasileiros que moram no Paraguai e procuram o serviço em Foz”, destacou Doldan. Por este motivo, o número de exames seria controlado, com base no Guia de Vigilância Metodológica do Ministério da Saúde, que explicita essa notificação automática. 

“O fluxo com o Lacen já está estabelecido e, a partir desta terça-feira, a testagem volta a ser feita normalmente”, disse o diretor. 

A orientação para pessoas com sintomas suspeitos de Covid-19 é buscar o Plantão Coronavírus por meio dos telefones 0800 645 5655 (ligação gratuita) e (45) 3521-1800 (WhatsApp e ligação) para o agendamento da coleta dos exames.

Fechar