0 Shares 273 Views

Paraná vai universalizar acesso ao saneamento básico, diz Cida

8 de maio de 2018
273 Views
Paraná vai universalizar acesso ao saneamento básico, diz Cida

Avançar rumo à universalização do saneamento nas cidades paranaenses é uma das principais metas do novo presidente da Sanepar, Ricardo Soavinski. O Paraná já tem índices superiores a média nacional, atende 100% da população das cidades com água tratada, coleta mais de 70% do esgoto gerado nos centros urbanos e trata todo o esgoto que coleta. A média nacional de coleta e tratamento de esgoto não ultrapassa 50%.

“Vamos continuar investindo para ampliar ainda mais o índice de atendimento nas cidades onde estamos presentes”, afirmou Ricardo Soavinski durante sua posse com a presença da governadora Cida Borghetti.

Cida reforçou o compromisso do Paraná com o saneamento. “Investir nesta área é investir em saúde e nós não vamos nos cansar de perseguir a melhoria dos serviços ofertados à população. Nosso compromisso é fazer com que as cidades sejam sustentáveis e inovadoras. Temos condições de avançar cada vez mais e garantir a melhoria constante no atendimento. Somos um governo municipalista e estamos comprometidos a melhorar a vida das pessoas”, afirmou.

CONSERVAÇÃO – O novo presidente da Sanepar destacou também a importância da conservação dos recursos hídricos para o fortalecimento econômico da companhia. “Com os nossos mananciais preservados, somos capazes de produzir água tratada a um custo mais baixo. Infraestrutura verde é essencial para manter o ciclo da vida e água de qualidade à população”, afirmou Soavinski.

Segundo o plano de investimentos da Sanepar informado a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), em 2018 a a companhia vai investir R$ 1,18 bilhão em obras de ampliação do abastecimento de água e na coleta e tratamento de esgoto.

De 2011 para cá, a companhia investiu mais de R$ 7 bilhões nos sistemas de água e esgoto nas 345 cidades paranaenses em que atua e em Porto União, Santa Catarina, onde também é responsável pela operação dos sistemas. Mais de 10 milhões de pessoas são atendidas. A companhia também atua na área de resíduos sólidos urbanos e opera os aterros sanitários nas cidades de Apucarana, Cornélio Procópio e Cianorte.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.