Escrito por 9:55 Beto Richa, Economia

Paraná está próximo de se tornar área livre da aftosa, diz Kátia Abreu

Paraná está próximo de se tornar área livre da aftosa, diz Kátia Abreu

A ministra Kátia Abreu (Agricultura) reconheceu o esforço do Paraná para garantir a certificação internacional de área livre de febre aftosa sem vacinação e área livre da peste suína clássica. “O Paraná é um dos estados brasileiros mais adiantados para conseguir as certificações. Isso é reflexo do apoio que temos do governador”, disse Kátia Abreu nesta terça-feira, 23, no encontro em Curitiba com lideranças do agronegócio na Ocepar.

Antes do encontro, Kátia Abreu se reuniu com o governador Beto Richa (PSDB) no Palácio Iguaçu. A ministra disse que está otimista que as certificações saiam logo para ampliar as exportações brasileiras, com acesso a novos mercados internacionais. Beto Richa disse que o Paraná tem feito tudo o que está ao seu alcance para que obter o reconhecimento de área livre de aftosa, sem vacinação. “Isso garantirá mais exportações e renda aos produtores paranaenses”, disse

Richa explicou que, para conquistar o status de livre de aftosa sem vacinação e a certificação internacional de área livre da peste suína, o governo investe R$ 5 milhões na construção e reforma de 23 postos de fiscalização instalados nas divisas com os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul. A intenção é controlar a entrada de veículos com produtos de origem animal ou vegetal que não estejam dentro dos padrões e registros definidos pelo Paraná.

Além disso, o governo contratou 169 técnicos para trabalhar na Agência de Defesa Agropecuária do Paraná, autarquia criada por Richa para atuar na fiscalização da produção vegetal e animal do Estado.

(Visited 1 times, 1 visits today)
Close