Escrito por 12:12 Sem categoria

Paraguai: Cartes reúne-se com Lugo e articula volta ao Mercosul

Compartilhe

lugo cartes

do portal Vermelho, com agências

O presidente eleito do Paraguai, Horacio Cartes, manteve uma reunião com o ex-presidente e líder da Frente Guasu, Fernando Lugo nesta quinta-feira (16) para tratar de temas como política nacional e internacional, entre eles a reincorporação do país ao Mercado Comum do Sul (Mercosul) e à União das Nações Sul-Americanas (Unasul), organismos dos quais está suspenso após o golpe parlamentar que depôs Lugo em junho de 2012.

Cartes reconheceu que a figura de Lugo pode ser preponderante na hora de trabalhar a reincorporação do Paraguai ao Mercosul e Unasul.

Lugo, que foi eleito senador para o período 2013-2017, fez questão de reiterar, durante coletiva de imprensa, que “a Frente Guasu tem uma agenda clara e não vamos renunciar aos nossos interesses. Não seremos governo, vamos seguir como oposição”.

O líder da esquerda afirmou ainda que “o Paraguai foi sancionado aplicando a cláusula democrática de Ushuaia, que foi firmada a pedido do Paraguai, o que se aplicou posteriormente. Eu creio que conversando podem ser solucionadas muitas coisas sem a necessidade de elogios”, afirmou.

O senador reiterou ainda que a intenção da Frente Guasu é construir o país que as pessoas precisam: “nossa agenda parlamentar pretende beneficiar os camponeses, os mais pobres e os mais necessitados”.

“Não falamos de cargos, nem nada disso. Não nos fechamos ao diálogo. Há coincidências. Nós estamos abertos a conversar com todos os setores quando a sorte dos paraguaios estiver em jogo, mas não vamos renunciar à nossa agenda”, garantiu Lugo.

O vice-presidente da Frente Guasu, Hugo Richer, afirmou, dias atrás, que para seu partido, o pedido feito pela equipe de transição de Cartes, de suspender as negociações com a multinacional Rio Tinto Alcan, é um “grande passo do presidente (Horacio) Cartes, e um gesto muito importante”.

Close