Palavra livre

Por Zé Beto Maciel

Partiu Dubai

O presidente Jair Bolsonaro parte hoje para os Emirados Árabes Unidos (Dubai), Bahrein (Manama) e Catar (Doha). Nesta viagem, Bolsonaro busca investimentos em áreas como infraestrutura, agronegócios e defesa. A primeira-dama Michelle Bolsonaro e o deputado Ricardo Barros (PP) acompanham a comitiva que retorna ao Brasil na quinta-feira (18).

Cataratas

O deputado Vermelho (PSD) se diz tão apaixonado pelas Cataratas do Iguaçu que instalou uma foto gigante das quedas no seu gabinete em Brasília.

Cataratas Day

Ontem, completou 10 anos do reconhecimento das Cataratas do Iguaçu como uma das sete maravilhas mundiais da natureza. A coluna destaca o excelente trabalho do jornalista Gilmar Piolla, que comandou a votação no país, para eleição do atrativo. Piolla também comandou os primeiros “Cataratas Day” para incentivar o pertencimento dos moradores de Foz com as quedas mais famosas do mundo.

Apoio aos hoteleiros

Tramita na Câmara dos Deputados, o projeto de lei que cria um programa para atenuar o impacto econômico da pandemia de covid-19 sobre os setores hoteleiro e de eventos. A proposta que prevê linhas de crédito em condições facilitadas (taxa de juros Selic, 36 meses para pagamento e 12 meses de carência), e suspensão da cobrança de débitos relativos a tributos federais dos beneficiários entre março e setembro de 2020. O valor a ser concedido para cada tomador será de até 30% da receita bruta anual da empresa calculada com base no exercício de 2019, para investimento ou capital de giro.

Dinheiro bloqueado

O desembargador Thompson Flores, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, negou liminar em mandado de segurança impetrado pela Facebook e manteve o bloqueio de R$ 10 milhões nas contas bancárias da empresa. O valor refere-se à multa por cumprimento parcial de decisão judicial da 2ª Vara Federal de Santana do Livramento (RS), proferida em 2015, de concessão de interceptação do Whatsapp, aplicativo provido pela ré, para investigação criminal.

Apoio aos hospitais

O governador Ratinho Junior (PSD) sancionou o projeto de lei do deputado Michele Caputo (PSDB) que garante o apoio do Estado à qualificação dos hospitais públicos e filantrópicos que atendem o SUS. Michele Caputo destaca que a lei tem como base o HospSUS, programa estadual que entre 2011 e 2018 apoiou os hospitais com recursos para custeio, obras e equipamentos.

HospSUS

Em 2021, o HospSUS completou 10 anos. Além permitir a abertura de quase mil leitos de UTI adulto, neonatal e pediátrico, o programa foi fundamental na pandemia, garantindo recursos para auxiliar na manutenção e custeio mensal das entidades. Ao todo, 243 hospitais públicos e filantrópicos fazem parte do programa. Por ano, mais de R$ 185 milhões são repassados pelo Estado a essas instituições.

Perfil gastronômico

Pesquisa do campus de Foz do Instituto Federal do Paraná vai identificar o perfil gastronômico do Iguaçuense, ideia é que as respostas possam contribuir para a melhoria do comércio local. “A pesquisa trará informações significativas sobre o perfil do público consumidor da cidade. Esses dados servirão de bases para novas estratégias de mercado, principalmente neste momento de retomada da economia” explica a professora Paola Stefanutti, coordenadora da pesquisa.

Exemplo

O estudante João Felipe Ferreira de Oliveira, do 9º ano, do Colégio Estadual Professor Flávio Warken de Foz do Iguaçu, confeccionou um videogame com o reaproveitamento de lixo eletrônico e materiais recicláveis. O projeto foi apresentado na Feira de Inovação das Ciências e Engenharias. O jovem de 14 anos utilizou peças de um notebook danificado, um arduíno, peças de conexões para computador e televisão e alguns outros materiais recicláveis. “Esse projeto foi feito com materiais recicláveis e a partir do lixo eletrônico com o objetivo de ser sustentável”, afirmou.

Operação turismo

A Itaipu Binacional preparou uma operação especial para receber os visitantes durante o feriado prolongado da Proclamação da República, de 13 (sábado) a 15 de novembro (segunda-feira). A expectativa é que mais de seis mil pessoas passem pelos atrativos nos três dias. O plano prevê abertura de mais horários de visitas e reforço nas equipes. Todas os cuidados sanitários contra a covid-19 serão tomados.

PEC Auxílio

 

O senador Oriovisto Guimarães (Podemos) começou a colher assinaturas em apoio a uma PEC que pode viabilizar o Auxílio Brasil com valor médio de R$ 420, dentro do teto de gastos. Pela proposta do senador, esse valor poderá ser pago desde que o atual número de beneficiários do Bolsa Família, de 14,6 milhões de brasileiros, seja mantido. A ideia de Oriovisto é financiar o benefício de R$ 420 com 50% das emendas individuais de todos os parlamentares e 50% das emendas de bancadas, além de eventuais sobras de recursos de emendas.

Terceira via

O senador Oriovisto Guimarães já conversou com João Doria (PSDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM) e reconheceu que nem todos os concorrentes da terceira via têm alinhamento ideológico com Moro e por isso não entrariam no acordo de ter apenas um candidato do campo nas eleições do ano que vem. “Ele (Moro) vai se colocar à disposição do Brasil como pré-candidato à presidência. Obviamente que existe uma formalidade mais na frente porque há uma conversa ainda muito grande com Doria e com outros pré-candidatos de tal forma de que lá por março e abril, quando o cenário estiver mais claro, deve haver um pacto entre os candidatos em que o melhor colocado receberá o apoio dos outros”, disse.

Irregularidades

O ministro Bruno Dantas, do TCU, identificou irregularidades no pagamento de diárias e passagens aéreas a procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato e determinou a apuração do dano e identificação dos responsáveis. Os procuradores podem ser obrigados a devolver o dinheiro aos cofres públicos, também podem ser multados e impedidos de assumir função na administração pública por até oito anos.

Libera aí

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) solicitou à ANTT providências para a imediata liberação do tráfego de ônibus e vans em viagens ao Uruguai. Torcedor do Athletico Paranaense, Romanelli disse que está preocupado com o acesso dos torcedores para acompanhar as finais da Copa Sul-Americana entre a equipe paranaense e o Red Bull Bragantino no próximo dia 20 e da Libertadores da América, entre Palmeiras e Flamengo, em 27 de novembro. Os dois jogos serão disputados em Montevidéu, capital do Uruguai.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Itaipu divulga resultado de edital de patrocínio nas modalidades Esporte e Cultura

Foram selecionadas 22 ações inscritas por entidades sem fins lucrativos, que realizarão ações em 12 municípios do oeste paranaense.

Já está disponível para consulta no site da Itaipu o resultado da seleção pública do edital de patrocínio da binacional nas modalidades Esporte e Cultura. A lista com as ações selecionadas foi publicada na última sexta-feira (26), em https://bit.ly/3d1Dz9w.

Foram selecionadas 22 ações, 16 delas esportivas, cinco artístico-culturais e uma de ambas as modalidades, totalizando R$ 1.024.345,07. As ações foram inscritas por entidades sem fins lucrativos, que realizarão ações em 12 municípios do oeste paranaense, além da participação de entidades da área de influência da Itaipu em competições estaduais e/ou nacionais.

A celebração do termo de patrocínio seguirá o cronograma de execução dos projetos selecionados. As ações serão iniciadas a partir de 24 de janeiro de 2022. As prestações de contas deverão ser feitas até 90 dias depois da conclusão de cada ação.

Para o diretor-geral brasileiro, general João Francisco Ferreira, é um grande orgulho associar o nome de Itaipu a patrocínios que tenham caráter educativo, cultural e esportivo. “É um incentivo para que essas instituições continuem crescendo, atendendo à população, e repliquem nossa marca em seus municípios”, reforça.

No total, foram recebidas 94 solicitações de patrocínio, no valor de R$ 4.277.606,67. A seleção seguiu os critérios pré-estabelecidos no edital, que seguiu as premissas básicas da boa gestão pública: legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, conforme o artigo 37 da Constituição, dentro das normas preconizadas pelo governo federal.

Capacitação
No dia 8 de outubro, a equipe da Itaipu responsável pelo edital ministrou uma capacitação para 140 interessados em inscrever seus projetos. Os participantes receberam informações sobre as principais etapas do processo, como enquadramento da proposta ao edital; preenchimento adequado dos campos no momento da inscrição; informações sobre contrapartidas (divulgação da imagem institucional de Itaipu), entre outras.

Planejamento, investimentos e retorno

Dos R$ 6,75 cobrados do consumidor na bomba pelo litro de gasolina, apenas R$ 2,33 vão para os cofres da Petrobras

Joaquim Silva e Luna

A Petrobras acabou de anunciar seu Plano Estratégico para o período de 2022 a 2026. Se pudermos resumir o plano numa única frase, seria: investimento com visão de futuro e retorno para a sociedade.

Uma boa notícia é que a companhia venceu, depois de ter chegado a cerca de US$ 160 bilhões em 2014, a batalha contra o maior endividamento corporativo da história.

Foram sete anos perseguindo a redução da dívida até chegar a um patamar saudável de endividamento. Com isso, a empresa passa a pagar menos juros e amplia seus investimentos em 24%, passando os US$ 68 bilhões.

Cada real bem investido pela companhia tem um efeito multiplicador na economia. Para ter uma ideia, a atividade de exploração e produção (E&P) de petróleo e gás tem um regime tributário especial: paga mais impostos para operar do que qualquer outra atividade econômica.

Em termos de emprego, cada R$ 1 bilhão investido nos negócios de E&P gera, em média, 10 mil empregos. Por isso, quando olhamos para o horizonte 2026, vemos mais investimentos trazendo mais desenvolvimento para municípios, estados e União.

O plano continua a demonstrar o esforço da Petrobras em transformar, cada vez mais, recursos em riquezas. O valor do pré-sal só existe na medida em que seu petróleo possa ser extraído, gerando mais recursos para a sociedade.

A transição energética é uma realidade e pode limitar a janela de tempo para o aproveitamento dos recursos fósseis. Se não for desenvolvido agora, o pré-sal, que hoje representa grande potencial para o país, pode perder valor no futuro. Por isso, temos pressa no pré-sal. O pré-sal já representa mais de 70% da produção da Petrobras e pode ser muito mais. Trata-se de petróleo competitivo na transição para a economia de baixo carbono, pois apresenta baixo teor de emissões e campos de alta produtividade.

Não podemos deixar de ressaltar que, além dos investimentos e dos tributos, há uma importante contribuição da Petrobras à sociedade por meio do pagamento de dividendos. Só em 2021, a projeção de dividendos para a União chega a R$ 27,1 bilhões. Se somados aos tributos pagos à União e aos demais entes federativos, a contribuição da Petrobras aos cofres públicos supera R$ 220 bilhões.

Esses recursos entram no caixa do Estado brasileiro e, se for oportuno, podem ser convertidos em políticas públicas. Quanto mais recursos a companhia gerar, maiores serão os benefícios para a sociedade. De forma direta ou indireta, todos os brasileiros são acionistas da Petrobras.

Como se sabe, o Brasil possui grandes reservas geológicas e um mercado em crescente evolução. A continuidade desse círculo virtuoso de exploração e produção depende da manutenção de condições seguras de mercado, preços livres, além de um ambiente atraente para mais investimentos, gerando emprego e renda.

É importante lembrar que esses investimentos da Petrobras são remunerados por apenas uma parcela do preço final que o consumidor paga nos postos. No caso do litro da gasolina, dos R$ 6,75 cobrados na bomba, apenas R$ 2,33 vão para a Petrobras (segundo coleta de preços médios ao consumidor pela ANP de 7 a 13 de novembro de 2021 e a parcela Petrobras vigente desde 26 de outubro de 2021). Essa é a parcela que sofre impacto do câmbio e do mercado, em que a paridade de preço internacional é apenas um dos termos da equação.

Em 2021, a Petrobras reduziu os preços da gasolina nas refinarias em quatro ocasiões e aumentou em 11. Enquanto isso, segundo a ANP, o preço médio nas bombas aumentou 34 vezes. Em valores, a parcela da Petrobras nas bombas variou R$ 0,98, enquanto o preço ao consumidor na bomba aumentou R$ 2,24 por litro. Portanto a formação do preço dos combustíveis no Brasil vai muito além da Petrobras.

Por fim, lembramos que a prática competitiva de preços é essencial para o abastecimento do mercado e para a manutenção do ciclo de investimentos. Com seu novo Plano Estratégico, a Petrobras demonstra que quer ser ainda mais forte e mais saudável; e quer fazer ainda mais pelo Brasil.

Joaquim Silva e Luna
Presidente da Petrobras

http://linearclipping.com.br/petrobras/site/m014/noticia.asp?cd_noticia=108311169