Palavra livre 0 2

Por Zé Beto Maciel

com Gustavo Aquino e Francisco Vitelli

Escola

Nesta ou na próxima semana começam as obras de reforma e ampliação da escola municipal João da Costa Viana, em Três Lagoas. Com 1,2 mil estudantes, a escola é a maior de Foz do Iguaçu e terá agora biblioteca e laboratório de inclusão digital. O custo da obra alcança R$ 2,3 milhões.

Escola II
O prefeito Chico Brasileiro (PSD) espera destravar os entraves e finalizar a licitação para a construção da escola Cândido Portinari no Jardim Petrópolis. A escola de 1,8 mil metros quadrados será uma das três a ter ensino integral em Foz do Iguaçu junto com a Parigot de Souza (centro) e Gabriela Mistral (Jardim Lancaster). A obra da Cândido Portinari está orçada em R$ 4 milhões.

Auxílio
O prefeito adiantou ainda que pretende entregar nos próximos dias o cartão de auxílio para os pais de 27 mil estudantes da rede municipal de ensino. Serão R$ 4 milhões para compra de compra de material escolar nas papelarias e comércio local.

Aí tem
Na mesma semana, o governador Ratinho Junior (PSD) esteve com o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) em Cornélio Procópio, no Norte Pioneiro, e com o prefeito Leonaldo Paranhos (PSC) em Cascavel, no Oeste. Romanelli e Paranhos são pré-candidatos ao Senado.

Inelegível
O futuro político do ex-procurador Deltan Dallagnol deve estar também no Podemos, que filiará o ex-juiz Sérgio Moro. Dallagnol pretende disputar a Câmara dos Deputados. O advogado Luiz Fernando Casagrande Pereira, especialista em direito eleitoral, disse que o ex-procurador está inelegível por oito anos na Lei Ficha Limpa. A lei considera inelegível membro do Ministério Público que tenha pedido exoneração na pendência de processo administrativo disciplinar.

O método
“Alerto há alguns anos para a politização da persecução penal. A seletividade, os métodos de investigações e vazamentos: tudo convergia para um propósito claro – e político, como hoje se revela. Demonizou-se o poder para apoderar-se dele. A receita estava pronta” – do ministro do STF, Gilmar Mendes, sobre a decisão de Deltan Dallagnol.

No trecho
O ex-governador Beto Richa (PSDB) se diz indignado com a Lava Jato. “Eu fui vítima de uma grande violência. O processo que fizeram contra mim a 20 dias da eleição, que fique claro, não foi um processo jurídico. Foi um processo político eleitoral para caçar minha candidatura”, desabafou ao repórter Beija Flor, da TV Band Maringá.

Não acompanhou
Não deve ser nada, mas não se fala em outra coisa no Centro Cívico em Curitiba. O governador Ratinho Junior (PSD) não acompanhou a visita do presidente Jair Bolsonaro às cidades de Castro e Ponta Grossa, nos Campos Gerais. A deputada Aline Sleutjes (PSL) e o deputado Ricardo Barros (PP) acompanharam o presidente.

Prioridade
Ratinho Junior preferiu acompanhar a filiação da deputada federal Luísa Canziani e do pai dela, Alex Canziani, atual secretário de Governo de Londrina, ao PSD. Seis prefeitos seguiram o mesmo caminho: Juninho (Itaguajé), Maria Edna (Prado Ferreira), Adelita (Quatiguá), Edimar Santos (Santa Cecília do Pavão), Valente (Santa Isabel do Ivaí) e Venícius Rosa (São Jerônimo da Serra). O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, fez questão de marcar presença.

Testado na UFPR
A Inglaterra é o primeiro país do mundo a autorizar, de maneira condicional, o uso do medicamento oral molnupiravir, contra a covid-19. O remédio foi testado internacionalmente e o Hospital de Clínicas da UFPR foi um dos sete locais do Brasil e o único do Paraná a realizar a pesquisa, registrando o maior número de voluntários no país.

Contas auditadas
Os ministros das Relações Exteriores Carlos França (Brasil) e Euclides Acevedo (Paraguai) assinaram em Brasília acordo para constituir a comissão de contas da Itaipu Binacional. “Foi uma decisão histórica dos governos do Brasil e do Paraguai, correta e sensata, que vai permitir que as contas da Itaipu Binacional sejam auditadas e fiscalizadas”, afirmou o presidente da binacional, João Francisco Ferreira, que acompanhou a assinatura.

Estupro
O presidente Jair Bolsonaro classificou a cassação do ex-deputado Delegado Francischini (PSL) e “estupro” e “violência contra a democracia”. “Há três anos não converso com o deputado Francischini. A cassação dele foi um estupro”, disse Bolsonaro em Ponta Grossa. “Aquela cassação foi uma violência contra a democracia”, acrescentou.

É muita legenda
O Brasil tem atualmente 33 partidos aptos a lançar candidatos nas eleições de 2022, mas o TSE registra hoje 83 pedidos de legendas em processo de formação.

Melhor para trabalhar
Com 1.000 funcionários, a Uninter está entre as cinco melhores empresas para trabalhar no Paraná, conforme ranking da Great Place to Work. “Um dos objetivos da Uninter é promover um ambiente qualificado, com colaboradores que têm a possibilidade de crescimento profissional e que são apaixonados pelo que fazem. Quando uma instituição consegue proporcionar isso, quem ganha são os alunos e fornecedores que recebem um atendimento com mais empatia, compreensão e eficácia. Não à toa, nosso lema diz que somos apaixonados por transformar histórias”, diz Wilson Picler, presidente e fundador da Uninter.

Previous ArticleNext Article

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bolsonaro vai assinar com TCE cooperação no uso de satélite na fiscalização de obras públicas 0 3


Informação foi confirmada pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, o astronauta Marcos Pontes

O presidente Jair Bolsonaro poderá vir ao Paraná nos próximos dias, para assinatura de um acordo de cooperação com o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) para uso de satélites na fiscalização de obras públicas.

A informação foi confirmada ao presidente do órgão, conselheiro Fábio Camargo, pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes, ao justificar o adiamento do ato previsto nesta quarta-feira (24).

A agenda com Bolsonaro, que poderá ser em Curitiba ou em Brasília (DF), será organizada pelo deputado federal Filipe Barros. O parlamentar confirmou o encontro em uma ligação por videoconferência ao lado de Marcos Pontes, revelou o Blog do Zé Beto.

Na conversa, o presidente do TCE-PR aproveitou para agradecer ao ministro e à direção do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) pelo apoio. O uso de satélites pode economizar milhões em recursos públicos, antecipar as fiscalizações e acabar com os pagamentos antecipados de obras não concluídas ou que não estão seguindo os cronogramas de contrato.

Most Popular Topics

Editor Picks

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com