por 10:41 Itaipu Binacional

Padovani defende Itaipu como “locomotiva de desenvolvimento”

O empresário Nelson Fernando Padovani, pré-candidato a deputado federal, defende, entre as suas propostas, que a Itaipu Binacional na condição “de locomotiva do grande projeto de desenvolvimento regional” através da implantação da Nova Ferroeste que ligará o Porto de Antofagasta no Chile ao Porto de Paranaguá “formando o corredor bioceânico entre o Atlântico e Pacífico.

Os investimentos, segundo Padovani, ficarão como legado logístico que vai “energizar infinitamente a economia do Paraná, do Brasil e do Paraguai”.

As propostas apontam para vias férreas eletrificadas para o transporte de grãos aos portos, navegação de cabotagem, Ferroeste até Maracaju, linha de trem Jacarezinho/Cornélio Procópio/Guaíra/Cascavel/Foz do Iguaçu. “São ações essenciais para tornar as commodities e produtos de nossa agroindústria competitivos, de forma a remunerar melhor os produtores”.

Os governos anteriores, diz ainda Padovani, impediram usinas hidrelétricas no Norte do Brasil, como Belo Monte, de implantarem grandes reservatórios. “Foram permitidas somente usinas a fio d’água. Isso pôs as operações no prejuízo, em períodos cada vez mais longos de seca. A solução é usar o gás do pré-sal, com plataformas de geração com link de corrente contínua para o continente. Temos uma Itaipu de gás no pré-sal, com energia barata para mais de 100 anos”, adianta.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com