Escrito por 20:20 Assunto

Os Deputados Hussein Bakri e Soldado Fruet discutiram hoje durante sessão da casa

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Hussein Bakri (PSD) e o deputado Soldado Fruet (PROS) se estranharam na sessão de hoje da Casa. Tudo começou porque Fruet acusou o governo do Estado de privilegiar um único parlamentar na destinação de recursos para obras e projetos na região Oeste através de emendas ao Orçamento. “O que a gente vê é que somente um deputado nessa Casa consegue levar emendas não só em uma região, aliás, em todo Paraná. É um superdeputado. O que que acontece? Porque que esse deputado é diferente dos demais?”, questionou o deputado do PROS.

Fruet não chegou a dizer quem seria o deputado privilegiado no atendimento das emendas ao Orçamento, mas sinalizou que falava de Bakri ao afirmar que “na região dele, ele nem se reelegeu”. O líder governista não conseguiu se reeleger em 2018, ficando na segunda suplência, e assumindo a vaga na Assembleia com a nomeação de outros dois deputados da coligação para cargos no Executivo.

“Eu não gosto de pessoas que insinuam alguma coisa”, disse. Eu gostaria de perguntar ao deputado Fruet, da oposição, o senhor se referiu a qual deputado quando falou que um deputado leva muito recurso?”. “Eu acho que se a carapuça servir, o deputado que se identifique”, respondeu Fruet. “Não, o senhor tem que ser corajoso e dizer o nome”, reagiu Bakri. “Cara de pau é o senhor que fala que o governador pediu para o senhor não votar a data-base (dos servidores públicos). Mentiroso. O governador nunca falou com o senhor sobre isso”, acusou o líder do governo, afirmando que Fruet teria espalhado outdoors na sua região falando de investimentos de R$ 20 milhões do governo do Estado.

Close