por 14:56 Sem categoria

Operário volta da Europa sem técnico e três jogadores

Futebol Paranaense
Operário volta da Europa sem técnico e três jogadores

Rodrigo Müller foi demitido na excursão do clube, três atletas foram negociados

Leonardo Bonassoli

Enquanto não sabe se vai jogar a Copa Paraná , em setembro, ou ser punido pelos tribunais pelos incidentes acontecidos na partida contra o Foz pela Divisão de Acesso, o Operário acaba de voltar de uma excursão na Europa, com partidas especialmente na Alemanha e na Suíça. No retorno, algumas mudanças. A primeira é a saída do treinador Rodrigo “Casca” Müller, que foi afastado após desentendimento com a diretoria do Fantasma.

Segundo o gestor de futebol do clube, Chico da Bracol, a decisão da saída de Müller foi devido ao futebol. “Foi a soma de algumas coisas, pois não tivemos bons resultados e ele não estava com o time tão na mão”, afirmou Chico.

Do outro lado, Rodrigo Müller dispara: “Não dá para entender a opinião deles. Estou desde novembro no clube e só três dias bastaram para eu perder o grupo. Eles fizeram a relação da viagem, não fui consultado. Queria fazer um trabalho específico para a Europa, mas eles não deixaram”, disse.

O jovem treinador de 28 anos reclama da interferência da diretoria: “Treinei um time e os três gestores pediram para mudar o time para botar um filho de cada um na equipe”, contou. “O time foi mal e eu alterei o time, mas isso abalou os jogadores que jogariam a princípio, além disso algumas coisas erradas aconteceram e o pessoal que hospedou o time ficou chateado e os gestores resolveram demitir técnico para tirar o foco do que aconteceu”, disparou Rodrigo.

Além disso, Müller contou que não houve diálogo depois da discussão que culminou com a demissão e que recebeu e-mail do grupo gestor do Operário que fará reunião nesta quinta e entrará em contato com ele na sexta. O treinador afirma ter tido contatos com um time que jogará a Copa Paraná, além das especulações quanto à contratação dele pelo Londrina.

Mercado da bola

A outra mudança é a saída de três jogadores que foram negociados e ficaram pela Europa acompanhados do supervisor Tico, que cuida da transferência. O lateral Batatinha e o atacante Mayke foram para o Benfica. Já o atacante Eduardo foi vendido para um time francês, cujo nome não foi divulgado.

Fechar