por 16:01 Sem categoria

O GRANDE TEMOR DOS EUA NO HAITI SEMPRE FOI A FUGA EM MASSA

"Antes mesmo do terremoto, antes da eleições, já havia um acordo Haiti-EUA que dava aos americanos o controle da costa haitiana. Para eles é uma questão estratégica evitar o êxodo em massa. Os EUA já ocuparam o Haiti, já derrubaram e recolocaram presidentes, são parcialmente responsáveis pela falência do estado." Trecho do artigo do deputado federal Fernando Gabeira (PV-RJ).

LEIA MAIS

por 15:59 Sem categoria

O GRANDE TEMOR DOS EUA NO HAITI SEMPRE FOI A FUGA EM MASSA

O GRANDE TEMOR DOS EUA NO HAITI SEMPRE FOI A FUGA EM MASSA

Milhares de pessoas aglomeradas no cais revelam o que sempre foi o grande temor dos EUA no Haiti: a fuga em massa. Desde o princípio, menciono aqui esta possibilidade e afirmo que a resposta rápida dos americanos ao terremoto, além de um ato solidário, expressava o medo de ter reprimir pessoas se lançando ao mar, em embarcações precárias.

Aliás, uma das medidas discutidas por Hillary Clinton com o presidente do Haiti, René Preval, foi a decretação de toque de recolher e maior poder para decisões típicas de período de emergência e guerra. No mesmo sábado em que Hillary passou por Porto Príncipe, os EUA disseram que compreendiam o esforço da República Dominicana e iam compensá-la por isto.

Os refugiados haitianos, dentro da Ilha Espanhola, podem fugir para a República Dominicana; no mar seu destino é os Estados Unidos. As fronteiras estão fechadas, mas é difícil conter tanta gente. Já há na República Dominicana um sentimento de hostilidade aos haitianos, uma vez que a busca de refúgio por razões econômicas tem sido constante.

Nas ruas de Porto Príncipe há quem reclame da presença americana. Para que tantas armas se precisamos de água e comida? Mas há um grande perigo de violência e as entidades que distribuem comida estão sendo, constantemente, ameaçadas.

Antes mesmo do terremoto, antes da eleições, já havia um acordo Haiti-EUA que dava aos americanos o controle da costa haitiana. Para eles é uma questão estratégica evitar o êxodo em massa. Os EUA já ocuparam o Haiti, já derrubaram e recolocaram presidentes, são parcialmente responsáveis pela falência do estado.

Por essas razões estratégicas e históricas, o Brasil deve se concentrar em fazer o bem e melhorar a qualidade de nossa ajuda, ao invés de, pura e simplesmente, mandar mais soldados a cada nova crise.

Fechar