0 Shares 152 Views

Nova diretoria da Fiep firma compromisso total com a indústria

29 de outubro de 2019
152 Views

Com o compromisso de que as ações do Sistema Fiep terão foco total na indústria paranaense, foi empossada na noite desta segunda-feira (28), em Curitiba, a nova diretoria da Federação das Indústrias do Paraná. A solenidade, que contou com a presença de mais de 600 convidados, incluindo o governador Carlos Massa Ratinho Junior e outras autoridades, marcou o início da gestão que comandará a entidade pelos próximos quatro anos. A nova diretoria é liderada pelo presidente Carlos Valter Martins Pedro, que substitui Edson Campagnolo no cargo, e conta com industriais de todas as regiões do Estado.

“A nossa missão e a razão de nossa atuação é única e exclusivamente promover ações e prestar serviços que agreguem valor para a indústria”, afirmou Carlos Valter em seu discurso. “Tudo o que fazemos deve ser voltado para o benefício de todos os industriais, de todos os setores e de todas as regiões do nosso Estado. Em cada projeto, em cada serviço ou ação que Fiep, Sesi, Senai e IEL promoverem dentro de suas missões, vamos buscar atender as reais necessidades das indústrias. Esse é o compromisso que assumimos, em prol de uma indústria mais produtiva e competitiva”, completou. Outro compromisso assumido pela nova diretoria é com o fortalecimento dos sindicatos industriais filiados à Fiep.

Carlos Valter também afirmou que a entidade está à disposição para atuar em parceria com o governo estadual em ações que promovam o desenvolvimento da indústria. “O governo foi eleito pelo povo paranaense para gerir o Estado. Uma boa gestão, o sucesso da sua administração e os resultados positivos que forem alcançados trarão benefícios para o setor produtivo e para toda a sociedade paranaense. Principalmente no que tiver relação com a evolução da nossa indústria e da nossa economia, podem contar com o total apoio desta casa e desta diretoria”, declarou, acrescentando que o Sistema Fiep também está aberto a colaborar com os poderes Legislativo e Judiciário no que estiver a seu alcance.

O novo presidente afirmou ainda que pretende intensificar a atuação em conjunto com outras instituições da iniciativa privada. Entre elas, a Confederação Nacional da Indústria (CNI), as Federações das Indústrias estaduais e o G7, grupo que reúne as principais entidades representativas do setor produtivo paranaense. “Ressalto que a missão da Fiep é atuar na defesa dos interesses da indústria. Mas, como integrantes do G7, queremos unir cada vez mais as forças de nossas entidades para a defesa de temas que sejam transversais a toda a classe produtiva de nosso Estado”, disse.

Resultado de imagem para presidente da Fiep Carlos Valter

Já o ex-presidente Edson Campagnolo, que transmitiu o cargo a Carlos Valter, destacou que seus oito anos de gestão foram um período de muito aprendizado e de muitas turbulências, superadas com a união do setor produtivo de todo o estado do Paraná. “Mesmo com as dificuldades que o país enfrentou ao longo desse tempo, a indústria do Paraná conseguiu se sobressair. Chegando em 2019, a gente percebe que toda a persistência do industrial paranaense tem trazido resultados, apesar ainda de uma instabilidade na economia que não é a ideal”, disse. “Espero que o presidente Carlos Valter consiga fazer melhor do que nós fizemos”, completou.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.