Escrito por 10:02 Norte Pioneiro

Norte pioneiro: cultura, turismo e cheirinho de café

O Norte Pioneiro do Paraná não recebe esse nome por acaso. Foi por ali, na parte mais ao Nordeste do Estado, que os paulistas chegaram para colonizar a região por meio das conhecidas entradas e bandeiras, movimentos que desbravaram o País desde o seu descobrimento. Composta por 46 municípios, teve sua época áurea com o café, até a década de 1970. Atualmente, tem no turismo um dos seus alicerces econômicos. E é seguindo o cheirinho do café que encontramos as belezas que a região oferece.

A mesma natureza que abençoou as terras com a fertilidade que gerou riqueza também deu vida a paisagens que se tornaram verdadeiros cartões-postais e impulsionaram o turismo regional. São rios, cachoeiras, represas, termas e muitas áreas verdes, que atraem inúmeros turistas durante todo o ano.

Mas nem só de paraísos naturais vive o Norte Pioneiro. A saga do café e a reunião de diferentes povos, como paulistas, mineiros, italianos e japoneses, originou um grande patrimônio cultural manifestado no dia a dia e eternizado em museus e obras arquitetônicas.

Abrigando parte da Rota do Café, o Norte Pioneiro é por excelência um destino de turismo rural. Em diferentes municípios, é possível conhecer mais de perto o processo de fabricação da bebida mais consumida no Brasil, colocar a mão na massa e ajudar na lida do campo, ou apenas curtir o sossego e o ar puro de fazendas, sítios e pesque-pagues. Provar as delícias da culinária rural e colonial é quase uma obrigação para quem visita a região.

Com muitos municípios integrantes da Rota do Rosário, a região também é referência em turismo religioso. Além da beleza arquitetônica e do requinte das igrejas, destacam-se os santuários que servem de cenário para celebrações e peregrinações o ano todo.

Seja pelo passado cafeeiro ou pela riqueza multicultural trazida pela colonização, a região tem muita história pra contar e cultura pra mostrar. Todo esse patrimônio está exposto em museus, arquivos históricos e centros culturais.

Como chegar
Próximo a São Paulo, o Norte Pioneiro é cortado por diversas rodovias federais e estaduais. Dentre as principais, estão BR-369, BR-153, PR-092 e PR-151. Para quem sai de Curitiba, a rota direta é a BR-277, até Ponta Grossa. De lá, acesse a PR-151, pedagiada, e chegar até Jaguariaíva, já no Norte Pioneiro. Mas, também há a opção de acessar a PR-090 em Piraí do Sul, e de lá chegar até são Jerônimo da Serra.

Close