por 11:56 Sem categoria

Nascimento está por fora

As sugestões de Celso Nascimento são as mesmas de sempre: Porto de Paranaguá, pedágio e as duas novas armações da turma de Ormar: grampo e caixa dois. O colunista está por fora. Leia o que disse o cientista político Emerson Cervi, em entrevista ao UOL, sobre as eleições no Paraná. A posição desses candidatos (de oposição) é muito parecida entre eles, eles não têm conseguido levar o debate para temas onde o atual governador não domina. Os temas da campanha estão na esfera de domínio do atual governo e isso dá uma vantagem para o atual governador, faz com que ele consiga monopolizar a campanha e mostrar o que já foi feito. A campanha está muito focada na personalidade dos candidatos, que têm dado prioridade para isso, tentando formar a sua imagem, de bons políticos, administradores, e os temas têm ficado em segundo lugar. Para se ter uma idéia, poucos candidatos apresentaram suas propostas de governo completas. E quando elas são colocadas, estão dentro das propostas do atual governo, com algumas mudanças nas políticas atuais. São propostas na área de política social e alguma coisa na área de segurança, duas áreas que o atual governo domina. Ainda que não sejam as melhores políticas implementadas no atual momento, o eleitor, quando as compara com o governo anterior, vê está que melhor. A avaliação do atual governo é melhor que a do governo anterior, que é o que o eleitor usa para fazer a comparação. Isso dá uma vantagem para o atual governador. Não sei se os candidatos da oposição estão guardando para as últimas duas semanas o foco nas propostas de governo ou se pretendem levar a estratégia até o final, correndo o risco de não chegar ao segundo turno. Leia a íntegra da entrevista em Reportagens.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com