Escrito por 13:56 Coronavírus, Destaques, Michele Caputo

“Não vai dar para trabalhar só com um tipo de vacina”, alerta Michele Caputo

Compartilhe

Na sessão de terça-feira (8) da Assembleia Legislativa, o deputado Michele Caputo (PSDB), coordenador da Frente Parlamentar de Combate ao Coronavírus, destacou a iniciativa do governo federal de negociar a compra de 70 milhões de doses da vacina da Pfizer, fez apelos para não politizar a questão e recomendou que os governos adquiram as vacinas aprovadas pela Anvisa, independente dos laboratórios de produção dos imunizantes.

“Se quiser vacinar logo, se quiser proteger como deve as pessoas dos grupos de risco e também aquelas que são as mais expostas à contaminação, precisamos adquirir as vacinas disponíveis no mercado”, afirmou.

Aprovadas – Todas as vacinas que são comprovadamente eficazes e seguras, segundo Michele Caputo, devem ser consideradas pelos governos por conta da disponibilidade limitada de produção, além da aprovação pelas agências reguladoras ainda estarem ocorrendo. “Muitos países e governos estão adotando mais de uma vacina por conta da disponibilidade e dos registros que estão acontecendo e vão se dar em tempos diferentes”, explicou Michele Caputo

O deputado citou o exemplo da Inglaterra, que já iniciou a vacinação da Pfizer e está produzindo a vacina da AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford.

Além da vacina da Pfizer e da AstraZeneca, Michele Caputo defendeu a compra da vacina do Instituto Butantan.

Close