Escrito por 10:29 Assunto

Mutirão da catarata vão atender 1,2 mil pacientes no litoral

Mutirão da catarata vão atender 1,2 mil pacientes no litoral
Compartilhe

Até o final de abril, os moradores de quatro cidades de Antonina, Guaratuba, Matinhos e Paranaguá poderão fazer cirurgia no mutirão de que realizado no Hospital Regional do Litoral e no Hospital Doutor Silvio Bittencourt Linhares em mais de 1,2 mil procedimentos. “Com os mutirões de cirurgias eletivas estamos transformando a vida de milhares de paranaenses. Apesar de não serem emergenciais, esses procedimentos têm impacto direto na melhoria da qualidade de vida de quem espera por sua vez de operar”, disse o secretário estadual de Saúde, Michele Caputo Neto.

A primeira parte do mutirão começou nesta segunda-feira (26) com 131 procedimentos em pacientes de Paranaguá. Apenas no Hospital Regional do Litoral são 120 profissionais envolvidos diretamente na realização das 600 cirurgias, que acontecem até esta quinta-feira (29). Outras 600 cirurgias serão feitas no Hospital Doutor Silvio Bittencourt Linhares em Antonina. Os procedimentos vão ocorrer entre os 2 e 5 de abril. O município de Guaraqueçaba já recebeu o mutirão em setembro de 2017, quando a cirurgia de catarata foi feita em 250 pacientes.

Apenas com recursos do tesouro estadual foram feitas 66 mil cirurgias, 35 mil delas de catarata entre 2015 e 2016. Além da catarata, são realizadas cirurgias em áreas como ortopedia, ginecologia, vascular e de hérnia. Desde 2017, o número de procedimentos já ultrapassa 70 mil. “Estamos ampliando cada vez mais o número de cirurgias eletivas. Em 2011, por exemplo, foram 227 mil procedimentos no Estado. Em 2017, foram 404 mil – isso representa um aumento de 78%”, disse Michele Caputo.

Close