0 Shares 179 Views

Mulheres conquistam mais espaço no PSDB‏

20 de maio de 2013
179 Views

1805fernandaB

Um dos destaques na convenção do PSDB neste sábado, 18, em Brasília, foi a expressiva presença de mulheres. Elas lotaram as dependências do centro de convenções do Melia Hotel e, em plenária, elegeram a advogada Solange Jurema como nova presidente da PSDB Mulher para os próximos dois anos. “O PSDB é o partido que valoriza a participação da mulher na política”, disse a presidente do PSDB Mulher do Paraná, Fernanda Richa, que participou das plenárias.

No Paraná, Fernanda Richa cita como exemplo a participação de mulheres no comando de três secretarias de Estado (Família, Justiça e Administração) e em outros postos de comando nos órgãos estaduais. “O PSDB tem ainda mulheres deputadas (Mara Lima e Rose Litro), mulheres prefeitas, vices-prefeitas e mulheres vereadoras por todo Paraná”, destaca.

“A união das mulheres tucanas é o diferencial entre o PSDB e os demais partidos. As mulheres do PSDB participam ativamente da política partidária, estão presentes nos momentos importantes do estado e do país. Neste governo, as mulheres estão ainda mais unidas na defesa de tudo aquilo que o PSDB sempre priorizou como o respeito às pessoas, a inclusão social e a ética na política”, completou.

Fernanda Richa destaca ainda que a mulher no comando de ações e políticas de governo combina a precisão e a racionalidade com a afetividade no trabalho. “A mulher sempre concentra esses dois lados, o lado acolhedor e o lado eficiente”, adianta.

No Paraná, diz Fernanda, o PSDB Mulher está se organizando para ampliar espaço nas estâncias e vida partidária. “Estamos promovendo a organização partidária e estimulando a criação do PSDB mulher nas cidades paranaenses. Em outra frente, vamos continuar com a jornada de formação de lideranças políticas das mulheres do PSDB”.

Fernanda afirma ainda que as políticas e programas de atenção à mulher são referências no país. “Os programas Mãe Paranaense e Família Paranaense são exemplos no Brasil e em outros países, como na África. Esse já é um legado que o governo do PSDB está deixando para ficar na história. Temos que aprofundar o conhecimento das políticas sociais estruturantes implantadas pelo PSDB”, diz.

No campo político, Fernanda adianta que o PSDB vai procurar garantir no mínimo 30% de vagas nos diretórios e comissões executivas do partido nas instâncias municipal e estadual. “Vamos integrar e interagir com todos os segmentos partidários e sociais e caminhar unidas rumo a 2015”.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.