por 11:35 Sem categoria

MST ocupa fazenda de José Janene

MST ocupa fazenda para denunciar corrupção do agronegócio

Cerca de 700 trabalhadores do MST ocuparam nesta sexta-feira (15/09) a fazenda do deputado federal José Janene (PP-PR), aliado de Osmar Dias e acusado por corrupção. A área de José Janene chamada de 3 Jota, tem 192 hectares, com criação de  ovelha. Está localizada em Guaravera, distrito de Londrina, região Norte do Paraná.

A ocupação foi realizada para denunciar a corrupção de políticos que usam o dinheiro público para acumular patrimônio, principalmente em fazendas. Um exemplo disso, é o caso do deputado federal pelo Paraná José Janene, acusado de ser beneficiário de um esquema de corrupção em Londrina. Janene é réu em 13 ações civis públicas na Justiça paranaense.

Deputado compra dez fazendas em dois anos

A revista ISTOÉ, noticiou em reportagem, que teve acesso a documentos, comprovando que antes de ser eleito deputado em 2002, José Janene estava quase falido e suas empresas declararam rendimento zero á Receita Federal, mas que entre 2003 e 2004 o deputado e sua mulher, Stael Fernanda se tornaram proprietários de uma dezena de fazendas. E outros imóveis e uma frota de carros importados avaliados em cerca de R$ 7 milhões.

A Folha Online, de 01/06/2006, apurou, que só no STF (Supremo Tribunal Federal) existem 11 inquéritos e uma ação penal contra o deputado. Existe um processo de cassação do deputado José Janene tramitando na Câmara dos Deputados, mas o julgamento já foi adiado por várias vezes. O deputado está de licença médica desde setembro de 2005, por causa de uma cardiopatia atestada pelos seus médicos. José Janene tentou se aposentar por invalidez, no entanto o pedido foi rejeitado pelo ministro Gilmar Mendes, do STF.

Os bens de Janene, sua mulher, Stael Fernanda, e de dois assessores, Meheidin Jenani, primo do parlamentar, e a mulher Rosa Alice Valente, foram bloqueados pela justiça pela 2ª Vara da Justiça Federal, em Curitiba.

A corrupção da política brasileira facilita as articulações no poder legislativo e executivo, que impedem a realização da reforma agrária, usando o aparelho do Estado para criminalizar à luta pela terra. Estes políticos se beneficiam da corrupção do agronegócio, recebendo milhões das grandes empresas de agrotóxicos e transgênicos, para aprovar projetos que agridem o meio ambiente e a biodiversidade.

O MST, querem que as fazendas de Janene, adquiridas através da corrupção sejam destinadas à Reforma Agrária.  Que o mandato do deputado Janene seja cassado, e que o dinheiro roubado seja devolvido aos cofres públicos.

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com