por 12:27 Destaques, Justiça

MP denuncia dois empresários e dois ex-diretores do porto de São Francisco do Sul

Acontecer na segunda-feira, 18, uma licitação – alvo de diversas denúncias no Ministério Público e na Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) – para arrendar por até dois anos o Terminal Graneleiro de São Francisco do Sul (SC). As informações são do ndmais.

Os responsáveis pelo edital dessa licitação pediram afastamento da administração do Porto de São Francisco do Sul e respondem processo criminal por fraude a licitação.

Na ação criminal, o promotor de Justiça Diogo Luiz Deschamps apontou que Diego Machado Enke e Sérgio Poliano Villarreal que assinaram as regras doa licitação do Terminal Graneleiro e ocupavam os cargos de diretor-presidente e diretor de Operações e Logística, cometeram crime de fraude a licitação.

Diante das fortes suspeitas de fraude que circundam essa licitação do terminal graneleiro, esperava-se que o governador Carlos Moisés, o Poder Judiciário ou a Antaq anulassem essa licitação e acabassem com o monopólio no terminal que vem ocorrendo há quase 20 anos.

Fechar