por 16:47 Sem categoria

MOVIMENTO ESTUDANTIL AUMENTA PROTESTO CONTRA O AUMENTO DO ÔNIBUS EM CURITIBA

As entidades estudantis já programaram para o retorno das aulas uma série de protesto contra o aumento da tarifa do transporte coletivo de Curitiba e região metropolitana. “Os protestos serão diários até o prefeito Beto Richa revogar esse aumento e implantar o passe livre no transporte coletivo”, disse Rafael Clabonde, presidente da Upes.

Na última quarta-feira (4), representantes da UPE (União Paranaense de Estudantes), Upes (União Paranaense de Estudantes Secundaristas), UNE (União Nacional de Estudantes) e Ubes (União Brasileira de Estudantes Secundaristas) protestaram contra o aumento em frente à sede da Urbs.

Leia Mais

por 16:41 Sem categoria

MOVIMENTO ESTUDANTIL AUMENTA PROTESTO CONTRA O AUMENTO DO ÔNIBUS EM CURITIBA

MOVIMENTO ESTUDANTIL AUMENTA PROTESTO CONTRA O AUMENTO DO ÔNIBUS EM CURITIBA

As entidades estudantis já programaram para o retorno das aulas uma série de protesto contra o aumento da tarifa do transporte coletivo de Curitiba e região metropolitana. “Os protestos serão diários até o prefeito Beto Richa revogar esse aumento e implantar o passe livre no transporte coletivo”, disse Rafael Clabonde, presidente da Upes.

Na última quarta-feira (4), representantes da UPE (União Paranaense de Estudantes), Upes (União Paranaense de Estudantes Secundaristas), UNE (União Nacional de Estudantes) e Ubes (União Brasileira de Estudantes Secundaristas) protestaram contra o aumento em frente à sede da Urbs.

Com um banho de tinta vermelha, eles lembraram a morte da auxiliar de serviços gerais Cleonice Ferreira Gouveia de 29 anos no dia 28 de janeiro por problemas no sistema de segurança nas portas do ônibus Ligeirinho.

Nenhuma das justificativas dadas pela Urbs serviu para convencer os estudantes, que também usaram cartazes e palavras de ordem para chamar a atenção. A presidência da Urbs se negou a se reunir com a as lideranças estudantis.

A presidente da UPE, Fabiana Zelinski, disse que o movimento programa uma série de protestos, mas as datas e horários não serão divulgados por motivos de segurança, mas adiantou que na sua maioria será nas proximidades dos colégios escolas.

As entidades ainda integram a “Articulação em Defesa dos Usuários” que está coletando 65 mil assinaturas ao projeto de lei de iniciativa popular que propõe a criação de uma Câmara de Controle Social no sistema de transporte. “Todas as iniciativas são positivas. Também estamos acompanhando as denúncias do Ministério Público Estadual que investigam o aumento do ônibus”, completou Clabonde.

Fechar