Written by 18:23 +, Foz do Iguaçu e Região, Tecnologia

Moro destaca importância do centro integrado de Operações de Fronteira em Foz do Iguaçu

O ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança) destacou em uma série de postagens nas redes sociais a implantação do Centro Integrado de Operações de Fronteira (CIOF) e do projeto de Fronteira Tech da Receita Federal em Foz do Iguaçu. “O CIOF, em Foz do Iguaçu, atenderá todo o país considerando a importância estratégica da tríplice fronteira. Aproveito para agradecer o apoio de todas as agências envolvidas, à Itaipu e ao Governo do Paraná”, disse Moro no twitter.

A estrutura do centro de operações funciona em uma área de 600 metros quadrados do Parque Tecnológico Itaipu e recebeu investimentos de R$ 2,9 milhões de Itaipu Binacional. “O CIOF é inspirado na experiência norte-americana dos Fusions Centers e reúne em um mesmo local representantes e bancos de dados de diversas agências encarregadas da aplicação da lei e da segurança pública”, afirmou o ministro nas postagens que tiverem mais de 40 mil curtidas.

Os fusions centers, explica Moro tiveram sua criação intensificada nos EUA a partir do 11 de setembro de 2001 – episódio dos ataques terroristas às torres gêmeas do World Trade Center em Nova York. “Tiveram por base a compreensão da necessidade de reunir no mesmo local a inteligência de diversas agências para combate ao crime e terrorismo. Estamos plantando inteligência e integração para o futuro”. completou que postou também uma reportagem institucipnal da Itai

“Entendemos que o combate ao crime organizado seja hoje um dos maiores desafios que o País tem, em todas as áreas. E se o crime puder ser estancado naquilo que passa pela fronteira, ele deixa de chegar aos grandes centros, impedindo maiores prejuízos ao País”, disse o presidente da Itaipu, Joaquim Silva e Luna, na inauguração do centro de operações em dezembro.

Já o Fronteira Tech, vinculado à Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, do Ministério da Economia, permite o uso da tecnologia, como sistemas de câmeras e inteligência artificial, para ajudar no controle alfandegário. Estima-se que na fronteira de Foz do Iguaçu com Ciudad del Este (Paraguai) – a mais movimentada do Brasil – circulam ais de 100 mil pessoas e 40 mil veículos diariamente e o sistema é mais um reforço no combate ao contrabando e ao descaminho.

Vídeo disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=KF4_Ax_Yq9I&feature=youtu.be

(Visited 14 times, 1 visits today)

Close