Escrito por 8:00 João Arruda, Política

MDB pede nominatas de candidatos aos diretórios municipais

 

Em reunião nesta segunda-feira, 29, em Curitiba, a executiva estadual do MDB adiantou a reestruturação do partido a partir dos diretórios de Maringá, Ponta Grossa, Londrina e Curitiba. Os diretórios serão orientados a fazer nominatas de pré-candidatos a vereador e prefeito para a disputa das eleições municipais de 2020. As listas devem ser entregues à direção estadual do partido até o início do segundo semestre deste ano. “O momento é de reconstrução, reestruturação e renovação do MDB em várias cidades do Estado”, disse o deputado João Arruda, presidente estadual do partido. Os deputados Anibelli Neto e Requião Filho participaram do encontro.

O diretório municipal de Maringá deve sofrer uma intervenção e a nomeação de uma comissão provisória deve ocorrer em 20 dias. “Infelizmente, a atual direção feriu o estatuto do MDB por conta de infidelidade e o partido está tendo fraco desempenho eleitoral desde 2012. Neste ano, sequer elegeu um vereador”, disse João Arruda.

Nas eleições de outubro passado, integrantes da direção municipal do partido em Maringá fizeram campanha abertamente para a ex-governadora Cida Borghetti (PP), sendo que o candidato do MDB era o próprio deputado João Arruda.

A comissão provisória ficará responsável por chamar uma nova convenção, eleger o próximo diretório municipal e fazer a lista de prováveis candidatos a vereador e a prefeito da cidade.”O MDB vai ter candidato a prefeito em Maringá, assim como nas principais cidades do Estado. Só assim o partido vai crescer e se tornar, novamente, o MDB reconhecido pelos paranaenses”, completa João Arruda.

Curitiba, Ponta Grossa e Londrina – Em Curitiba, o diretório foi orientado a reestruturar o partido por região e segmento e se preparar às eleições de 2020. “Tem que ter uma nominata boa de candidatos a vereador, com vários nomes fortes, e que o partido possa buscar um nome para que possa disputar a prefeitura de Curitiba. Já temos alguns nomes, mas vamos ter novos nomes, novos quadros para fazer parte do partido em Curitiba”, disse .

Em Ponta Grossa, a executiva confirmou o empresário Julio Kuller na a presidência do partido. Na secretária-geral foi indicado Alex Skavronski. A missão de Kuller é reorganizar e reestruturar o partido na cidade. “O partido vai se renovar e se fortalecer. Até o meio do ano, teremos um quadro geral dos diretórios e executivas municipais já organizados para disputar as eleições de 2020”, disse João Arruda.

Kuller e Skavronsky serão confirmados na direção do MDB de Ponta Grossa já na próxima reunião da executiva estadual no dia 4 de fevereiro. “O MDB vai ter candidato a prefeito e uma boa chapa de vereadores em Ponta Grossa, assim como na maioria das cidades paranaenses. O partido só voltará a crescer se disputar as eleições municipais de 2020 nas grandes cidades do Estado”, disse João Arruda ao citar ainda as cidades de Londrina, Curitiba, Cascavel, Foz do Iguaçu e São José dos Pinhais”.

Em Londrina, apesar do partido fazer parte do governo de Marcelo Belinati (PP) – o vice-prefeito João Mendonça é do MDB, a a executiva vai orientar pela candidatura própria na disputa da prefeitura da segunda maior cidade do Paraná. “Em Londrina, o MDB deve preparar um nome para ser candidato a prefeito, assim como organize a nominata (de pré-candidatos a vereador)”, disse João Arruda.

(Visited 7 times, 1 visits today)
Close