Escrito por 15:09 Brasil, Cotidiano, Foz do Iguaçu, Sobre quem, Turismo

Marta Suplicy sinaliza Teatro e Praça Multicultural para Foz do Iguaçu

Compartilhe

marta suplicy

A construção do Teatro de Foz do Iguaçu poderá finalmente sair do papel. É o que afirma o presidente da Fundação Cultural, Alexandre Freire, após audiência com a ministra da Cultura, Marta Suplicy.

Freire e o deputado federal Professor Sérgio, se reuniram na última terça-feira (28) com a ministra em Brasília. O encontro, no gabinete de Marta, que estava acompanhada por Henilton Menezes (Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura), e as assessoras Selma, Anna e Daiana Dellagostin.

A audiência teve como pauta a construção do Teatro Municipal de Foz do Iguaçu e a implantação de Centros de Artes e Esportes Unificados (CEU’s), conhecido como Praça de Esportes e Cultura.

“A ministra se comprometeu a viabilizar recursos para impulsionarmos e concretizarmos a construção de nosso teatro, assim como confirmou a implantação de CEUs -Centros de Artes e Esportes Unificados, que têm como foco integrar num mesmo espaço físico, programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer”, destacou Freire.

Por sua vez, o presidente do Legislativo iguaçuense, vereador Zé Carlos – que teve que mudar a agenda na última hora e não pode acompanhar a comitiva- afirmou que está pessoalmente empenhado junto ao governo federal e a bancada paranaense para a efetivação da obra.

Na ocasião, Alexandre Freire e Prof. Sergio convidaram a ministra Marta Suplicy para comparecer a Foz do Iguaçu, para a Bienal do Livro, que tem lançamento previsto para o dia 31 de agosto.

“Ela não poderá participar, mas confirmou que enviará um representante o qual, na oportunidade, apresentará ações do MinC em favor da comunidade de Foz do Iguaçu. Mas para o Centenário de Foz e os 40 anos de Itaipu – eventos que acontecem no próximo ano- a ministra confirmou presença”, observou o presidente da Fundação Cultural.

Conceito
A Praça dos Esportes e da Cultura é um equipamento público estruturado para integrar atividades e serviços culturais.

Com áreas de aproximadamente cinco mil metros quadrados, os Centros de Artes e Esportes terão quadra poliesportiva coberta, parque infantil, espaço para ginástica, mesas de jogos, pista de skate, espaço multiuso, telecentro, biblioteca, terraço, sanitários e um cineteatro.

Os Centros também são idealizados para instalação de Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) com recepção, atendimento, copa, área de serviço, coordenação e hall.

Close