por 09:33 Destaques, Eleições 2022 no Brasil

“Mais fácil setores aderirem a Lula favorito do que a uma 3ª via virtual”, analisa cientista político

A possibilidade de uma ainda virtual terceira via da corrida presidencial ter a aderência de setores como o do mercado financeiro, evangélicos e agronegócio está mais longe do que uma aderência dos mesmos à candidatura do ex-presidente Lula (PT). A análise é do cientista político Aloísio Nascimento, em entrevista ao blog.

A 4 meses do fim 2021 e do início do ano eleitoral, Aloisio avalia que o cenário econômico pouco deve mudar para melhor até outubro de 2022. “O presidente Bolsonaro (sem partido) não dá sinais que mudará sua estratégia e a terceira via não tem um nome para tirar da cartola. E com o Lula colhendo bons frutos de sua semeadura, as pesquisas mostram que está a apenas 10% de fechar o pleito no primeiro turno”, comenta. “É mais fácil setores como o mercado financeiro, evangélicos e agronegócio aderirem à candidatura de Lula favorito que a uma terceira via virtual”, completa.

Para o cientista político, Lula precisaria de apenas parte destes setores ou estar fechado bem com um deles para vencer. “Sem contar em alguns partidos fisiológicos que estão sugando o bagaço do governo e depois o deixarão a mingua. Sem fato novo, queiram ou não, Lula tem tudo para vencer”, diz Aloísio.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com