por 14:20 Internacional

Lula não descarta concorrer como vice-presidente em 2022, diz jornal

Lula disse a poucos aliados que não descarta a possibilidade de ser candidato a vice-presidente em 2022 em uma chapa do PT.

A prioridade, segundo o ex-presidente, é derrotar Jair Bolsonaro: caso outro nome surja com maior chance de vitória, este candidato deverá se candidatar como o nome principal do partido. É o que afirma em nota a colunista Bela Megale, do jornal O Globo, nesta sexta-feira (16).

A coluna também afirma que, por outro lado, a maior parte dos petistas avalia que dificilmente outro nome do partido atrairia mais votos que Lula.

A posição de Lula como vice-presidente seguiria o caminho da ex-presidente argentina Cristina Kirchner, que é a atual vice de Alberto Fernández.

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT), possível candidato à presidência em 2022, disse inclusive que Lula deveria imitar os passos de Kirchner. Para Ciro, a ex-presidente argentina, mesmo “tendo uma força grande, deu um passo pra trás e ajudou a Argentina a se reconciliar”.

Um apoiador de Lula segura um retrato do ex-presidente durante manifestação em frente ao Supremo Tribunal Federal em Brasília, em 15 de abril de 2021

Lula já deu sinais de que faria uma aliança com partidos de centro para derrotar Bolsonaro nas urnas: “Se for preciso chegar ao centro para ganhar as eleições, a gente vai procurar”, afirmou Lula no dia 1º de abril.

Nesta quinta-feira (15), o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou a anulação das condenações do ex-presidente Lula na Lava Jato por 8 votos a 3. A decisão restabelece os direitos políticos do ex-chefe de Estado, habilitando-o, portanto, a disputar a corrida pela presidência da República em 2022.

com informações da Agência Sputink

Fechar