por 22:43 Sem categoria

Lula diz que não vai rever o tratado de Itaipu

Lula diz que não vai rever o tratado de Itaipu

O Globo Online

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje, em Gana, na África Ocidental, que enviou um telegrama parabenizando o presidente eleito do Paraguai, o ex-bispo Fernando Lugo, da Aliança Patriótica para a Mudança (APC em espanhol), mas adiantou que não pretende rever o tratado de Itaipu, como afirmou seu amigo e ex-assessor especial, Frei Betto. O presidente ponderou, no entanto, que o Brasil sempre fará o necessário para garantir a paz na América Latina.

-Sobre Itaipu, nós temos um tratado e ele vai se manter – disse o presidente, ao deixar a sede da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (Unctad), onde participou de um segmento de alto nível sobre o desenvolvimento da África.

Perguntado sobre as afirmações de Frei Betto sobre a possibilidade de uma flexibilização do governo brasileiro, Lula sorriu e afirmou:

-Veja, eu não posso comentar uma declaração de alguém. Mas o tratado não muda. O Brasil tem constantes reuniões com o Paraguai. Eu, nestes cinco anos de governo, tive umas 20 reuniões com o Paraguai. São muitos os temas, não é só a questão de Itaipu, e a nossa fronteira, que é muito grande, envolve vários estados. E temos também a questão da Ciudad Del Leste, de investimentos. Temos muito para continuar conversando com o Paraguai.

Lula corrigiu um jornalista que lhe perguntou se a eleição incluiu mais um presidente esquerdista na América Latina:

– Ele não é esquerdista. Primeiro, nós temos que valorizar as pessoas que são eleitas como resultado da democracia. O Lugo pelejou muito tempo, batalhou muito tempo, venceu uma eleição muito disputada, reconhecida já por todos os outros candidatos. Eu acho que todo mundo já reconheceu, os organismos internacionais que estavam acompanhando concordaram com a lisura da eleição. Eu acho que quem ganhou de verdade no Paraguai foi a democracia. A democracia ganhou e o Paraguai certamente vai consolidar cada vez mais seu processo democrático. É importante lembrar que no Paraguai você tinha um partido que governava 60 ou 70 anos. Houve um câmbio, E esse câmbio, se foi pela vontade do povo, merece todo o meu respeito – disse Lula, frisando mais tarde que pensa da mesma forma sobre a eleição de do líder de direita na Itália, Silvio Berlusconi.

Perguntado se o governo brasileiro poderá repetir com o Paraguai e sua demanda pela liberação dos preços de Itaipu o que aconteceu com o gás boliviano após a posse Evo Morales, presidente da Bolívia, o presidente retrucou:

-Não aconteceu nada com a Bolívia, gente. Aconteceu aquilo que eles entenderam que era importante para eles. E o Brasil, como maior economia, tem que estar sempre aberto a fazer com que as coisas tenham andamento de paz na América do Sul. Esse e o meu papel. Portanto, vou aproveitar (a entrevista com a imprensa brasileira), que se o Lugo ver hoje a televisão brasileira, e vou dizer para o Lugo: "parabéns pela vitória".

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com