Luiza Trajano aparece na corrida presidencial

A colunista Vera Magalhães, do jornal O Globo, revelou que a empresária Luiza Trajano, que preside o conselho de administração do Magazine Luiza, pode entrar na disputada presidencial de 2022. (Foto/TUTU)

Segundo a colunista, a pesquisa de um grande instituto indica que o nome da empresária aparece empatado tecnicamente com o de Luciano Huck, mas numericamente à frente.

Luiza Trajano “vem logo após do próprio Bolsonaro e do ex-presidente Lula, à frente de políticos experientes e já pré-candidatos declarados no ano que vem, como João Doria, Ciro Gomes e Fernando Haddad, e de outras ‘promessas’ de outrora, como o ex-juiz Sérgio Moro”, ressalta a jornalista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estou estudando, diz Lupion sobre troca de partido

O deputado Pedro Lupion deve sair do DEM (em processo de fusão com o PSL que será chamada de União Brasil) e tem convites do PP, PL e Republicanos. “Ainda estou estudando, mas nada decidido”, disse Lupion, atual presidente dos Democratas no Paraná. O comando estadual da União Brasil deve ficar com o ex-deputado Delegado Francischini.

Com apoio de Moro, Aguayo deve disputar vaga na Alep

Articulador da candidatura de Sérgio Moro (Podemos) à presidência, o empresário Fabio Aguayo, presidente da Abrabar, foi convocado pelo próprio Moro para disputar uma das 54 cadeiras da Assembleia Legislativa. Aguayo esteve no lançamento do livro “Contra o Sistema da Corrupção” em Curitiba. O presidente da Abrabar ficou de estudar a proposta de se filiar ao partido do juiz e fazer uma dobradinha com o ex-procurador Deltan Dallagnol que deve disputar uma das 30 cadeiras do Paraná na Câmara dos Deputados.