Escrito por 17:36 Roberto Requião

Lava Jato investiga pedágio de Requião

Lava Jato investiga pedágio de Requião
Compartilhe

O senador Roberto Requião (MDB) deitou falação sobre Operação Integração, da Lava Jato, que investiga os esquemas nos contratos de pedágios firmados ainda em 1997. Mas não está imune à investigação porque os procuradores federais afirmaram nesta quinta-feira, 22, que apuram possíveis desvios entre 2005 e 2015, o que inclui seis anos do governo Requião (de 2005 a 2010). Ainda tem mais: um dos presos na operação, Oscar Alberto Gayer da Silva, foi funcionário do DER-PR no governo Requião. Um outro envolvido, Carlos Felisberto Nasser, foi nomeado por Requião em 26 de março de 1991 como chefe do escritório de representação do Paraná no Rio de Janeiro.

Close