por 13:12 Sem categoria

KIELSE APRESENTA SOLUÇÃO PARA FUTURO CAÓTICO DA LINHA VERDE EM CURITIBA

KIELSE APRESENTA SOLUÇÃO PARA FUTURO CAÓTICO DA LINHA VERDE EM CURITIBA
 
O deputado estadual Cleiton Kielse (PMDB) voltou a questionar o projeto urbanístico da Prefeitura de Curitiba no trecho da BR-116, entre os bairros do Atuba e do Pinheirinho. Em discurso realizado no plenário da Assembléia Legislativa, nesta quarta-feira (16), Kielse confirmou que pedirá a intervenção das obras da Linha Verde pelo governo estadual através do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT). "Conversamos com o governador Roberto Requião e com o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo. Nossa preocupação é grande e temos que intervir agora, sob pena de Curitiba parar com o excesso de veículos", advertiu o deputado.

Kielse reiterou que o projeto original da Linha Verde não contempla obras essenciais de viadutos, com suas alças e passagens, prejudicando o trânsito nos horários de tráfego pesado. "Queremos a BR-116, além de verde, com o trânsito livre. Mas com os semáforos e os binários passando pelo meio da rodovia, não teremos", apontou o parlamentar. O deputado Cleiton Kielse reiterou, em seu discurso, que apenas com as trincheiras e os viadutos funcionais será possível solucionar a confluência entre as duas Curitibas: a do lado direito e a do lado esquerdo da BR.

Um mapa, distribuído para os deputados na sessão plenária desta quarta-feira, evidenciou que a carência de viadutos e a não-funcionalidade dos que já existem são os principais problemas do projeto para a BR-116. "A falta destas obras, a presença de 11 semáforos e a entrada de 180 bi-articulados na Linha Verde farão com que o trânsito fique paralisado por pelo menos três horas nos horários de pico", ressaltou o parlamentar.

O deputado indicou também que o acréscimo nos valores do investimento será pequeno comparado aos benefícios futuros. "O custo desses novos viadutos e trincheiras, incluindo as alças dos já existentes, seria de aproximadamente R$ 30 milhões. O projeto da Linha Verde, que não soluciona o problema da BR, já custou R$ 120 milhões aos cofres públicos", mostrou Kielse.

Segundo o deputado Cleiton Kielse (PMDB), o viaduto do Tarumã é o único, dos que cortam a BR-116, que possui funcionalidade, incluindo passagens e possibilidade de mudanças de direção. "Com o aumento de 4 a 6% no número de veículos por ano, é possível imaginar o quadro da BR-116 em poucos anos. As mudanças devem ser feitas agora para evitar congestionamentos catastróficos no futuro", concluiu o deputado.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com