Written by 15:00 Oeste

Justiça nega pedido do ex-prefeito de Lindoeste para reassumir o cargo

O ex-prefeito foi cassado no dia 6 de janeiro de 2020. Ele foi denunciado por moradores, suspeito de omitir e ser negligente diante de um possível esquema de desvio de R$ 180 mil da prefeitura. Informações G1.

De acordo com a decisão da Justiça, não houve irregularidades no processo de cassação do mandato, que contou com análise de uma Comissão Processante e votação dos vereadores da cidade.

A defesa informou que recorreu sobre a cassação porque os vereadores não analisaram todas as teses apresentadas.

A liminar foi deferida na sexta-feira (17), segundo a Justiça.

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) também recebeu as denúncias sobre o caso e investiga o possível esquema.

Esquema
A Comissão Processante, que analisou a denúncia, informou que o desvio ocorreu em 2018.

A comissão afirmou ainda que o esquema funcionava com pagamentos feitos sem notas fiscais, por meio de cheques assinados pelo prefeito, em nome de fornecedores.

Entretanto, esses cheques eram compensados em contas de terceiros, que eram laranjas.

(Visited 4 times, 1 visits today)

Close