Escrito por 18:21 Sem categoria

Justiça Eleitoral cassa prefeito de Ivaiporã

Compartilhe

Rubia Pimenta
Diário de Maringá

A Justiça Eleitoral de Ivaiporã divulgou nesta terça-feira, 9, a sentença, proferida pela juíza Juliana Trigo de Araújo, que cassa o diploma do prefeito Luiz Carlos Gil (PMDB), e o torna inelegível por oito anos. A decisão, no entanto, ainda cabe recurso, e a só deve ser colocada em prática após o fim do processo.

Conforme a sentença, Gil é acusado de distribuir gasolina em período eleitoral, transporte de eleitores para comícios, com ocultação de gastos. As denúncias, apresentadas pelo candidato adversário Cyro Corrêa Júnior (PT), continham provas testemunhais, documentais e até vídeos.

Gil também foi condenado por utilizar um shopping, de sua propriedade, como plataforma eleitoral. Segundo a juíza, ” embora tenha sido constatado que não havia nenhuma loja em funcionamento por ocasião do período eleitoral, é certo que se trata de centro comercial com livre acesso ao público e, ainda, que no local se encontrava em funcionamento o único cinema da cidade de Ivaiporã”.

Em sua defesa, Gil afirmou, no processo, que o shopping não estavam ais sendo utilizado como ponto comercial. Ele também afirma que as doações de gasolina foram declaradas na prestação de contas e que não teriam sido usadas como moeda de troca. A defesa também negou o transporte de eleitores.

Close