por 08:50 Justiça, Oeste do Paraná

Justiça determina perda de cargos de dois PMs condenados por contrabando, em Santa Terezinha do Itaipu

Os PMs chegaram a ser presos em flagrante transportando 1,6 mil maços de cigarros e 13.920 caixas de tabaco para narguilé contrabandeados em um carro da corporação durante o horário de expediente.

A Justiça determinou a perda de cargos de dois policias militares condenados por contrabando, em Santa Terezinha de Itaipu, no oeste do Paraná. A decisão, que atende pedido do Ministério Público do Paraná (MP-PR), é da quinta-feira (10). As informações são do G1.

A sentença também determinou a suspensão dos direitos políticos dos policiais por três anos, além do pagamento de multa de dez vezes o valor da remuneração recebida por eles à época dos fatos, em agosto de 2019.

Os PMs chegaram a ser presos em flagrante transportando 1,6 mil maços de cigarros e 13.920 caixas de tabaco para narguilé contrabandeados em um carro da corporação durante o horário de expediente.

Na ação, o MP-PR afirmou que o uso de veículo da PM em horário de trabalho é um agravante ao contrabando, uma vez que configura que os policiais usaram de suas funções para cometer o crime.

Na decisão, o juiz ressalta que a ação dos policiais causa danos à sociedade, o que torna “imprescindível a aplicação da sanção de perda do cargo ou função pública de policiais militares dos réus, eis que seu exercício se tornou incompatível com a prática criminosa”.

A reportagem entrou em contato com a Polícia Militar (PM), que não havia se manifestado até a publicação desta reportagem.

Fechar