0 Shares 184 Views

Jogos de Aventura e Natureza reúnem 10 mil pessoas em Foz

30 de setembro de 2019
184 Views

Em Foz do Iguaçu, os Jogos de Aventura e Natureza reunião cerca de 10 mil pessoas, o evento proporcionou a população iguaçuense inúmeras atividades entre elas  a Banda Que Voa, voo cativo de balões e parede de escalada, as atrações continuam até o próximo fim de semana

Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, foi palco do espetáculo de música, luzes e cores neste sábado (28) durante a abertura oficial da 3ª etapa dos Jogos de Aventura e Natureza, que acontece até o próximo fim de semana na região dos municípios lindeiros. Cerca de 10 mil pessoas participaram.

Comandada pela Banda Que Voa, uma trupe de músicos e bailarinas que se apresenta pendurada por cabos a 40 metros de altura, a festa também contou com voo cativo de balões, parede de escalada, além de recreação e praça de alimentação. O evento aconteceu no Gramadão da Vila A, uma área mantida pela Itaipu Binacional, que recebe shows e apresentações e é frequentada para a prática de exercícios e lazer.

O vice-governador Darci Piana reforçou que o Governo do Estado entende que o esporte promove o congraçamento entre as pessoas. “Vemos isso neste momento. É a união das famílias em torno do esporte, que fomenta o turismo, promove a saúde e movimenta toda a economia”, disse Piana. Ele lembrou que este é apenas o primeiro ano do evento. “Estamos aprendendo e esta é uma amostra do que ainda vamos fazer daqui para frente”.

Na abertura, o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Joaquim Silva e Luna, que a empresa será uma das patrocinadoras da competição também na próxima edição, em 2020.  “Hoje, Foz é a capital nacional do turismo, da aventura sadia e do abraço da natureza”, disse o general. “A natureza foi muito bondosa com o Oeste do Paraná. Nada mais justo que apoiarmos uma iniciativa que une esporte, turismo, saúde e lazer, tendo essa beleza como cenário.”

Sucesso

Segundo o superintendente do Esporte do Paraná, Helio Wirbiski, são mais de 4 mil atletas inscritos só nesta etapa. “E temos a expectativa de cerca de outras 20 mil pessoas, principalmente crianças, participando das oficinas esportivas ao longo da semana”, disse ele.

“Para se ter uma ideia, para cada Real investido no esporte economizamos três na área de saúde. “É assim, movimentando as diversas regiões do Estado, sempre aliado ao turismo, que o esporte vai trabalhar”, finalizou.

De cima

Os enormes balões, que levaram crianças e adultos a flutuarem por sobre a multidão, foram uma das atrações do dia. “Uma experiência única, valeu a espera”, disse a estudante Victoria Gonçalves ao desembarcar, sorridente. A única tristeza do passeio, segundo Cleonice Sacoman, é que dura pouco. “Eu amei, queria ficar mais tempo lá em cima”, disse Cleonice, que com a filha, Ana Clara Sacoman da Silva.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.