0 Shares 284 Views

João Arruda entra na Justiça contra ataques de Ratinho Junior

17 de setembro de 2018
284 Views

O candidato a governador pelo MDB, João Arruda, entrou na Justiça Eleitoral, com pedido de liminar, para que o candidato Ratinho Junior (PSD) retire do ar inserções de propaganda eleitoral com ataques a Arruda. O Tribunal Regional Eleitoral está julgando o pedido de João Arruda e a decisão deve sair nas próximas horas.

Contra o golpe baixo de Ratinho, João Arruda mostrou que não está para brincadeira: pediu liminar da Justiça Eleitoral para impedir que as calúnias continuem sendo divulgadas na TV e no rádio. E ainda rebater os ataques pessoalmente, “de cara limpa”.

“Bastou que as pesquisas mostrassem a crescente adesão dos paranaenses à nossa candidatura para que eu fosse agredido da forma mais infame e abominável pelo meu adversário”, disse Arruda, que explica os adjetivos: “Infame porque ele não teve a coragem de dizer cara a cara, olho no olho e preferiu se esconder atrás de uma moça, apresentadora de televisão, como fazem os covardes. Abominável porque usou esse expediente para dizer mentiras deslavadas a meu respeito”, disse João Arruda em vídeo-resposta na TV.

João Arruda conclui mostrando o que pensa do adversário, a quem chama pelo nome, denuncia que foge dos debates “porque só sabe decorar frases na TV: Quem não tem argumentos, só pode atacar com mentiras. Você não quer debate, Ratinho, porque não tem o que dizer sem alguém soprar. Você é a própria mentira mal disfarçada com essa decoreba”.

João é firme ao se defender: “Eu não tenho nada a esconder, minha vida não em segredos, não cometi jamais um ato contra o interesse público. Volte para sua toca, Ratinho, deixe o Paraná para quem sabe o que diz e faz às claras e não foge da discussão. Respeite os paranaenses”, conclui João Arruda.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.