0 Shares 385 Views

Itaipu promove a 12ª edição do Torneio Sul-Americano de Arremesso de Celular

22 de agosto de 2019
385 Views

 

Falta apenas um mês para os celulares cruzarem os céus do Gramadão da Vila A, em Foz do Iguaçu. A 12ª edição do Torneio Sul-Americano de Arremesso de Celular será no dia 22 de setembro, um domingo. O evento será organizado pela Itaipu Binacional, para celebrar os 45 anos da Segurança Empresarial da usina, com apoio do Rotary Club Santa Terezinha de Itaipu, Lions Club Cataratas e Associação Recreativa e Esportiva Segurança Física (Aresf).

Para participar, basta procurar na gaveta aquele aparelhinho antigo, que você já não usa mais, e comparecer no dia 22, das 9h às 16h, para mostrar suas habilidades no arremesso. Não é preciso pagar nada – basta doar dois quilos de alimentos não perecíveis que serão doados a instituições de caridade de Foz do Iguaçu e região.

“Será uma festa para toda a comunidade, e ainda ajudará diversas instituições. A Itaipu tem orgulho de participar desse tipo de evento, que alia uma atividade esportiva a muitos benefícios”, disse o diretor-geral brasileiro da usina, general Silva e Luna, a respeito do torneio.

Outros serviços
Mesmo quem não pretende se aventurar na brincadeira pode comparecer e participar de diversas outras atividades, como usufruir serviços de saúde, receber orientações jurídicas e conferir a exposição de carros antigos.

Segundo o idealizador do torneio, Gabriel Antonio de Campos Neto, da Divisão de Segurança da Central da Itaipu, a expectativa é arrecadar mais de 10 toneladas de alimentos e atender 20 entidades. Já estão garantidas cinco toneladas, doadas por empresas parceiras.

Resíduos Eletrônicos
Paralelamente ao Torneio de Arremesso de Celular, em 2019 ocorrerá a 10ª edição do Mutirão de Resíduos Eletrônicos, que manterá um posto no Gramadão da Vila A para coleta do chamado lixo eletrônico (computadores de mesa, notebooks, celulares, monitores e eletroeletrônicos em geral). Não serão recebidos pilhas, lâmpadas e tôneres.

A intenção deste evento é conscientizar a população sobre a correta destinação do lixo eletrônico, composto por materiais à natureza. Além de levarem até séculos para a decomposição, há nesses produtos componentes químicos que podem ser tóxicos.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.